Perfil geoambiental de praças: região norte na cidade de Londrina-PR

Guilherme Silveira, Miriam Vizintim Fernandes Barros

Resumo


Este artigo apresenta a preocupação com a qualidade e quantidade das praças da região norte da cidade de Londrina, estado do Paraná. A praça é um local de lazer, passeio e descanso, além de favorecer um contato mais próximo da população com a natureza. Foram analisados os aspectos físicos do mobiliário, presença e tipo de área de recreação infantil e esportiva, e também a identificação e quantificação das espécies de árvores. Os resultados demonstraram ausência de área de recreação infantil, 53% das praças sem mobiliário e áreas esportivas em 38% dos locais. A quantidade de árvores foi de 340 indivíduos, divididos em 35 espécies, com predomínio de 5 espécies que representam 64% do total. Tais resultados sugerem a melhoria da quantidade e qualidade do mobiliário, e uma melhor distribuição das espécies de árvores, dando preferência para espécies nativas. Um SIG, indicando o local de ocorrência das praças e sua situação, poderia auxiliar na análise dos espaços verdes, assim como na tomada de decisões para o desenvolvimento urbano.


Palavras-chave


Praças; Londrina; Áreas verdes; Arborização.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2001v22n1p63

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional