Fotocatálise do azul de metileno na presença de óxido de bismuto sob irradiação de luz UV e solar

Vanessa Rocha Liberatti, Renata Afonso, Adriana Campano Lucilha, Paulo Rogerio Catarini da Silva, Luiz Henrique Dall´Antonia

Resumo


O óxido de bismuto (Bi2O3), semicondutor do tipo-n, tem sido satisfatoriamente investigado para a remediação fotocatalítica de contaminantes orgânicos. O Bi2O3 foi preparado por síntese de combustão em solução (SCS) utilizando como oxidante o nitrato de bismuto, em meio ácido, e a ureia como combustível. A influência da condição de síntese sobre as propriedades fotocatalíticas do óxido formado foi investigada por DRX. A partir dos difratogramas foi verificado que os materiais obtidos são predominantemente de cristais de Bi2O3, sendo possível identificar uma amostra com duas fases cristalinas, monoclínica (?-Bi2O3) e tetragonal (?-Bi2O3), e a outra com apenas a fase monoclínica (?-Bi2O3). O óxido com duas fases apresentou maior atividade fotocatalítica para a descoloração do azul de metileno tanto sob irradiação UV (60,59%) quanto sob luz solar (61,64%), em 664 nm (?máx), seguindo lei cinética de pseudo-primeira ordem.

Palavras-chave


Semicondutor; descoloração; Bi2O3

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0375.2014v35n1p55

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Semin., Ciênc. Exatas Tecnol.

Londrina - PR

E-ISSN: 16790375

DOI: 10.5433/1679-0375

E-mail: seminaexatas@uel.br

 

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional