Substituição do milho pelo resíduo da fecularia de mandioca no desempenho e nas características de carcaça de bovinos terminados em confinamento

Paulo Henrique Moura Dian, Ivanor Nunes do Prado, Maribel Velandia Valero, Polyana Pizzi Rotta, Rodolpho Martin do Prado, Robério Rodrigues Silva, Liandra Maria Abaker Bertipaglia

Abstract


Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito do nível de substituição (0; 12,5; 22,8 e 32,7%) do milho pelo resíduo de fecularia de mandioca sobre o desempenho e características de carcaça de bovinos em confinamento. Trinta e dois machos inteiros mestiços (½ Aberdeen Angus vs. ½ Nelore) com 18 meses de idade e 380 + 24 kg de peso vivo foram utilizados em delineamento experimental inteiramente casualizado, com quatro tratamentos e oito repetições. O experimento foi desenvolvido durante 56 dias com 14 dias de adaptação. As rações completas [volumoso (casca de algodão) + concentrado (milho, farelo de soja e resíduo desidratado de fecularia de mandioca)] foram fornecidas às 8 h e 16 h aos animais. Foi analisado o peso inicial (PI), peso final (PF) ganho médio diário (GMD), ingestão de matéria seca (IMS), conversão alimentar da matéria seca (CAMS), peso de carcaça quente (PCQ), rendimento de carcaça quente (RCQ), espessura de gordura de cobertura (EGC), área de olho de lombo (AOL), comprimento de perna (CP) e espessura de coxão (EC). Os resultados observados para PI, PF, GMD, CAMS, RCQ, EGC, AOL, CP e EC não apresentaram diferenças (P > 0,05) entre os tratamentos. Os resultados obtidos para desempenho e características de carcaça foram satisfatórios.


Keywords


Carne bovina; Casca de algodão; Confinamento; Desempenho animal; Mandioca



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2010v31n2p497

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional