Contração de ferida na pele do gato, na região do flanco estudo experimental

Domingos José Sturion, Marco Antonio Rocha, Antonio Passarelli

Abstract


No presente experimento, seis gatos, SRD, com idade entre 1 a 3 anos, foram submetidos à excisão da pele da região flanco direito, após demarcação da área a ser excisada por meio de oito pontos de tatuagem; quatro pontos de tatuagem nos cantos e os outros quatro nos pontos médios do sítio a ser excisado. Foram realizadas medidas das bordas das feridas a cada 5 dias para observação do processo de mobilização. A média da área das feridas contraídas nos seis animais aos 0, 5, 10, 15, 20 e 25 dias, foram respectivamente -13 72-8,78; 5,57; 2,71; 1,20 e 0,55. Ocorreu significativa redução da área em cmi até o 209 dia após a realização das feridas.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.1986v7n0p25

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional