Alterações do eritrograma de bovinos em relação ao tempo e temperatura pós-colheita das amostras de sangue

Rubens Ferreira Dias Júnior

Abstract


Com o objetivo de avaliar a influência do tempo pós-colheita e da temperatura de acondicionamento no eritrograma de bovinos, foi realizado um estudo com amostras de sangue de vinte animais da raça Holandesa Preta e Branca, fêmeas, adultos e clinicamente sadios. Foram feitas as determinações do número de hemácias, concentração de hemoglobina, percentagem do hematócrito e calculados os índices corpusculares VGM, HGM e CHGM, em intervalos de 12 em 12 horas, durante um período de 48 horas. Observou-se variações significativas nos resultados do eritrograma, sendo determinado para cada um dos seus parâmetros hematológicos, o decréscimo/hora ou o acréscimo/hora nos resultados, com relação ao decurso do tempo e temperatura. Considerando a interação temperatura x tempo pós-colheita, foram estabelecidos limites temporais de segurança para a realização do eritrograma.

 


Keywords


Eritrograma; Bovinos; Tempo; Temperatura; Sangue.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.1986v7n0p10

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional