Métodos para superação da dormência de sementes de murici (Byrsonima verbascifolia Rich)

Paula Sperotto Alberto, Fabiano Guimarães Silva, Juliana Silva Rodrigues Cabral, Juliana de Fátima Sales, Flávia Dionísio Pereira

Abstract


O grande desenvolvimento agrícola na região do Cerrado foi acompanhado pela redução da vegetação atual e essa rica formação vegetal vem sofrendo uma rápida depredação, principalmente devido à exploração extrativista por parte do homem. O murici (Byrsonima verbascifolia Rich) destaca-se por ser uma planta de grande importância medicinal e frutífera do cerrado, entretanto, sua propagação é dificultada pelo fato de suas sementes terem baixa taxa de germinação e a emergência das plântulas em campo serem lentas. Objetivou-se com este trabalho avaliar o efeito de diferentes métodos de superação de dormência em sementes de murici. Para tanto, foram avaliados o efeito de diferentes temperaturas; imersão em ácido giberélico; imersão em água e escarificação química e mecânica do endocarpo e dois tipos de substrato umedecidos (água destilada e KNO3), dispostos em delineamento de blocos ao acaso. Foram realizadas contagens diárias para determinar a porcentagem de germinação e índice de velocidade de germinação. Entre os diversos métodos avaliados, o ácido giberélico a 2.309,46?M proporcionou maior porcentagem de germinação das sementes, sobretudo quando o papel de germinação foi umedecido com KNO3.


Keywords


Germinação; Plantas medicinais; Frutífera do cerrado.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2011v32n3p1014

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional