Ascite por cirrose hepática em bovino

Laurenil Gaste, Wilmar Sachetin Marçal, Ney Carlos Reichert Netto, Peter Reichmann, Lúcio Carvalho

Resumo


Relata-se um caso clínico de ascite observada em uma fêmea da espécie bovina, mestiça holandesa, de 5 anos de idade, com 540 Kg, que apresentava exagerado aumento de volume abdominal bilateral. Após exame clínico, palpação retal e punção abdominal, decidiu-se realizar uma laparotomia exploratória. Essa conduta, possibilitou a drenagem de aproximadamente 100 litros de um líquido translúcido, seroso, de coloração levemente avermelhada. Pela incisão cirúrgica efetuou-se a palpação do fígado e constatou-se que este se apresentava com grande aumento de volume e de consistência dura. Também se observou grande repleição da vesícula biliar, com espessamento de sua parede. Ao exame necroscópico foi evidenciado hidropericórdio, edema gelatinoso de subcutâneo, edema e enfisema pulmonar. Pelo exame histopatológico confirmou-se cirrose hepática.

 

 


Palavras-chave


Ascite; Cirrose; Bovino.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.1990v11n1p59

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Semina: Ciências Agrárias

Londrina - PR
ISSN 1676-546X

E-ISSN 1679-0359

semina.agrarias@uel.br