Variação anual do peso e estado corporal de vacas de corte de diferentes grupos genéticos - I. Vacas paridas e com prenhez positiva na seqüência.

Dari Celestino Alves Filho, João Restle

Abstract


Avaliou-se no período de 20/08/92 a 31/08/93, a variação anual do peso E estado corporal de vacas contemporâneas das raças Charolês (C), Nelore (N), 1/2 CN, 1/2 NC. O peso médio das vacas foi menor no pós-parto (setembro a dezembro/92) e maior no início do outono (março/93) sendo, respectivamente, 365 e 414 kg, ocorrendo um incremento de 13,42% no peso dos animais. A partir do outono até o pré-parto (agosto/93), houve uma perda de 6,76% no peso médio das vacas. O estado corporal médio foi melhor no início do inverno (3,13 pontos) e pior ao pré-parto/93 (2,76 pontos). Na média de todos os períodos as vacas cruzadas foram mais pesadas e apresentaram melhor estado corporal do que as puras, sendo a heterose média de 17,32 e 7,37%, respectivamente. Vacas C foram na média de todos os períodos mais posadas que as N (368 vs 349 kg) e vacas 1/2 CN foram mais pesadas que as 1/2 NC (433 vs 406 kg). Não foi observada diferença significativa para estado corporal entre os dois grupos genéticos de vacas puras nem entre os dois grupos de vacas F1.

 


Keywords


Charolês; Cruzamento; Estado corporal; Heterose; Nelore; Peso corporal.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.1998v19n1p54

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional