Nutrient support via fertigation with domestic effluent and growth of cotton

Francisco Gonçalo Filho, Miguel Ferreira Neto, Cleyton dos Santos Fernandes, Francisco Vanies da Silva Sá, Nildo da Silva Dias, José Francismar de Medeiros

Abstract


Because of climatic problems in the Brazilian semi-arid region, it is of fundamental importance to seek a culture that considers water scarcity and available natural resources. Thus, a randomized block design, with subdivided plots and six replications, was carried out in the experimental area of the treatment and wastewater reuse station of the Milagres Settlement, Apodi, Brazil, with the objective of evaluating cultivation of herbaceous cotton (Gossipyum hirsutum) fertigated with domestic sewage treated in a semi-arid environment. Two cultivation cycles were carried out, and the cotton plants were fed with three different solutions containing treated domestic sewage (TDE) plus supply water (PSW), to supply the crop evapotranspiration (ETc) (100% PSW – control, 50% PSW + 50% TDE and 100% TDE), with and without phosphate fertilization in pre-planting. The contribution of nutrients to the soil and plant growth were analyzed. The results indicated that the wastewater presents potential fertilizer, reaching to the soil amounts of some nutrients exceeding the cotton’s needs, when 100% of the ETc was supplied via fertigation with domestic effluent, resulting in an increase in the growth rates of the plants. There was no interaction between the percentages of wastewater and phosphate fertilization in pre-planting. Phosphorus alone promoted significant variation only in the first cycle, indicating that there is a residual fertigation effect with domestic effluent on the nutrient supply.

Keywords


Gossipyum hirsutum; Plant nutrition; Irrigation; Water reuse.

Full Text:

PDF

References


Allen, R. G., Pereira, L. S., Raes, D., & Smith, M. (2006). Evapotraspiración del cultivo. Utah State University. Guías para la determinación de los requerimientos de água de los cultivos. Rome: FAO.

Alvarez, R. C. F., Crusciol, C. A. C., & Nascente, A. S. (2012). Análise de crescimento e produtividade de cultivares de arroz de terras altas dos tipos tradicional, intermediário e moderno. Pesquisa Agropecuária Tropical, 42(4), 397-412. doi: 10.1590/S1983-40632012000400008

Alves, P. F. S., Santos, S. R., Kondo, M. K., Araújo, E. D., & Oliveira, P. M. (2018). Fertirrigação do milho com água residuária sanitária tratada: crescimento e produção. Engenharia Sanitária e Ambiental, 23(5), 833-839. doi: 10.1590/s1413-41522018136152

Andrade, J., Fº, Sousa, O. N., Neto, Dias, N. S., Rebouças, J. L. R., Nascimento, I. B., Medeiros, J. F., & Cosme, C. R. (2013). Atributos químicos de solo fertirrigado com água residuária no semiárido brasileiro. Irriga, 18(4), 661-674. doi: 10.15809/irriga.2013v18n4p661

Bertoncini, E. I. (2008). Tratamento de efluentes e reúso da água no meio agrícola. Revista Tecnologia & Inovação Agropecuária, 1(1), 152-169.

Coelho, M. E. H., Freitas, F. C. L., Cunha, J. L. X. L., Dombroski, J. D., & Santana, F. A. O. (2013). Interferência de plantas daninhas no crescimento do pimentão nos sistemas de plantio direto e convencional. Revista Caatinga, 26(4), 19-30.

Condé, M. S., Homem, B. G. C., Almeida, O. B., Neto, & Santiago, A. M. F. (2012). Influência da aplicação de águas residuárias de criatórios de animais no solo: atributos químicos e físicos. Revista Brasileira de Agropecuária Sustentável, 2(1), 99-106.

Costa, Z. V. B., Gurgel, M. T., Costa, L. R., Alves, S. M. C., Ferreira, M., Neto, & Batista, R. O. (2014). Efeito da aplicação de esgoto doméstico primário na produção de milho no assentamento Milagres (Apodi-RN). Revista Ambiente & Água, 9(4), 737-751. doi: 10.4136/ambi-agua.1417

Cunha, A. H. N., Oliveira, T. H., Ferreira, R. B., Milhardes, A. L. M., & Silva, S. M. C. (2011). O reúso de água no Brasil: a importância da reutilização de água no país. Enciclopédia Biosfera, 7(13), 1225-1248.

Damasceno, L. M. O., Andrade, A. S., Jr., Gheyi, H. R., Dias, N. S., & Silva, C. O. (2011). Composição nutricional foliar da gérbera irrigada com efluente doméstico tratado. Revista Caatinga, 24(2), 121-128.

Diniz, M. T. M., & Pereira, V. H. C. (2015). Climatologia do estado do Rio Grande do Norte, Brasil: sistemas atmosféricos atuantes e mapeamento de tipos de clima. Boletim Goiano de Geografia, 35(3), 488-506.

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Manual de métodos de análise do solo. (2011). Rio de Janeiro: EMBRAPA Solos.

Fernandes, P. D. Análise de crescimento e desenvolvimento vegetal. (2002). Campina Grande: UFPB, DEAg.

Ferreira, D. F. (2011). Sisvar: a computer statistical analysis system. Ciência e Agrotecnologia, 35(6), 1039-1042. doi: 10.1590/S1413-70542011000600001

Fortes, P., Neto, Veiga, P. G. A., Fortes, N. L. P., Targa, M. S., Gadioli, J. L., & Peixoto, P. M. H. (2013). Alterações químicas do solo e produção de aveia fertilizada com água residuária do tratamento de esgoto sanitário. Revista Ambiente & Água, 8(4), 71-83. doi: 10.4136/ambi-agua.1368

Freitas, R. S., Tomaz, M. A., Ferreira, L. R., Berger, P. G., Pereira, C. J., & Cecon, P. R. V. (2006). Growth of cotton treated with trifloxysulfuron-sodium. Planta Daninha, 24(1), 123-129. doi: 10.1590/S0100-83582006000100016

Hao, F., Li, J., Wang, Z., & Li, Y. (2017). Effect of ions on clogging and biofilm formation in drip emitters applying secondary sewage effluent. Irrigation and Drainage, 66(5), 687-698. doi: 10.1002/ird.2141

Holanda, J. S., Dantas, J. A., Medeiros, A. A., Ferreira, M., Neto, Medeiros, J. F., & Guedes, F. X. (2017). Indicadores para a adubação de culturas em solos do Rio Grande do Norte. Natal: EMPARN.

Lima, M. M., Azevedo, C. A. V., Beltrão, N. E. M., Dantas, J., Neto, Gonçalves, C. B., & Santos, C. G. F. (2006). Nitrogênio e promotor de crescimento: efeitos no crescimento e desenvolvimento do algodão colorido verde. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 10(3), 624-628. doi: 10.1590/S1415-43662006000300013

Lunardi, J., & Rabaiolli, J. A. (2013). Valorização e preservação dos recursos hídricos na busca pelo desenvolvimento rural sustentável. Revista OKARA: Geografia em Debate, 7(1), 44-62.

Ribeiro, A. C., Guimarães, P. T. G., & Alvarez, V. H. (Eds.). (1999). Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais. 5ª Aproximação. Viçosa: Comissão de Fertilidade do Estado de Minas Gerais.

Ribeiro, M. C. F., Rocha, F. A., Santos, A. C., Silva, J. O., Peixoto, M. F. S. P., & Paz, V. P. S. (2012). Crescimento e produtividade da mamoneira irrigada com diferentes diluições de esgoto doméstico tratado. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 16(6), 639-646. doi: 10.1590/S1415-43662012000600008

Rice, E. W., Baird, R. B., & Clesceri, A. D. (2012). Standard methods for the examination of water and wastewater. Washington: APHA, AWWA, WPCR.

Rigon, J. P. G., Brito, J. F., Neto, Capuani, S., Beltrão, N. E. M., & Silva, F. V. F. (2011). Utilização de nitrogênio e níquel durante o crescimento do algodão. Enciclopédia Biosfera, 7(13), 1019-1026.

Santos, H. G., Jacomine, P. K. T., Anjos, L. H. C., Oliveira, V. A., Lumbreras, J. F., Coelho, M. R., ... Oliveira, J. B. (2013). Sistema brasileiro de classificação de solos. Brasília: EMBRAPA.

Silva, L. P., Silva, M. M., Correa, M. M., Souza, F. C. D., & Silva, E. F. F. (2011). Desempenho de gotejadores autocompensantes com diferentes efluentes de esgoto doméstico. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 16(6), 480-486. doi: 10.1590/S1415-43662012000500003

Silva, L. V. B. D., Lima, V. L. A., Silva, V. N. B., Sofiatti, V., & Pereira, T. L. P. (2013). Torta de mamona residual e irrigação com efluente sobre crescimento e produção de algodoeiro herbáceo. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 17(12), 1264-1270. doi: 10.1590/S1415-43662013001200003

Sousa, O. N., Neto, Andrade, J., Fº, Dias , N. S., Rebouças, J. R. L., Oliveira, F. R. A., & Diniz, A. A. (2012). Fertirrigação do algodoeiro utilizando efluente de esgoto doméstico tratado. Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, 16(2), 200-208. doi: 10.1590/S1415-43662012000200011




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2020v41n4p1135

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional