Effects of a reusable progesterone device on conception rates and estrus cycle re-synchronization in Nelore cows

Fábio Luiz Bim Cavalieri, Pedro Henrique Baeza Burali, Fábio Morotti, Marcelo Marcondes Seneda, Marcia Aparecida Andreazzi, Antonio Hugo Bezerra Colombo

Abstract


The objective of this study was to evaluate the reuse of an intravaginal progesterone (P4) device during diestrus of Nelore cow embryo recipients in order to improve conception rate, accelerate estrus cycle re-synchronization of non-pregnant animals, and reduce the amount of waste generated by animal breeding biotechnologies. Two experiments were performed using 268 multiparous Nelore cows. In experiment 1, all animals were subjected to a timed embryo transfer (TET) procedure, but at the time of embryo transfer, two treatment groups were established: T1 - the control treatment (N = 132) and T2 - animals receiving a second-use CIDR® device for 12 days (N = 136). Experiment 2 was performed on cows that had not remained pregnant after experiment 1 using two groups: G1 - a control group (N = 69) and G2 -re-synchronized cows that received a P4 device for 12 days for the first TET (N = 74). In experiment 1, no significant effect of the P4 treatment was observed on conception rate (T1 = 37.9%, T2 = 39.7%; P = 0.50) and corpus luteum (CL) diameter (T1 = 17.5 ± 3.4 mm, T2 = 18.1 ± 3.4 mm; P = 0.61). In experiment 2, no significant effect of the treatment was observed on conception rate (G1 = 22.2%, G2 = 35.7%; P = 0.24), recipients utilization rate (G1 = 75.4%, G2 = 70.3%; P = 0.86), and CL diameter (G1 = 17.4 ± 3 mm, G2 = 18.1 ± 3.2 mm; P = 0.27). However, the P4 treatment (for re-synchronization) significantly increased the conception rate (G1 = 22.2%, G2 = 35.7%; P = 0.04), which was similar to that in a conventional TET protocol performed with a new device (38.8%). We conclude that reusable intravaginal P4 devices can help accelerate TET protocols, suggesting an alternative application method; furthermore, this protocol may help reduce waste production in assisted animal breeding.

Keywords


Cattle; Embryos; Sustainable reproductive management.

Full Text:

PDF

References


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS INDÚSTRIAS EXPORTADORAS DE CARNES - ABIEC. Perfil da produção bovina no Brasil. São Paulo: ABIEC, 2018. Disponível em: http://www.abiec.com.br/download/ Sustentabilidade%20e%20frigorificos%20associados.pdf Acesso em: 02 out. 2019.

BARUSELLI, P. S. IATF supera dez milhões de procedimentos e amplia o mercado de trabalho. Revista CFMV, Brasília, v. 22, n. 69, p. 57-60, 2016.

BINELLI, M.; MACHADO, R.; BERGAMASCHI, M. A. C. M.; BERTAN, C. M. Manipulation of ovarian and uterine function to increase conception rates in cattle. Animal Reproduction, Pirassununga, v. 6, n. 1, p. 125-134, 2009.

BINELLI, M.; TATCHER, W. W.; MATTOS, R.; BARUSELLI, P. S. Antiluteolytic strategies to improve fertility in cattle. Theriogenology, Amsterdam, v. 56, n. 1, p. 1451-1463, 2001. DOI: 10.1016/S0093-691X(01)00646-X

CAVICHIOLLI, C.; OLIVEIRA, K.; CAVALIERI, F.; COLOMBO, A.; SANTOS, J. Efeitos da suplementação de progesterona pós-inseminação artificial em tempo fixo na taxa de gestação em vacas da raça nelore. In: MOSTRA INTERNA DE TRABALHOS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 7., 2016, Maringá. Anais Eletrônico... 2016. p. 1-6. Disponível em: https://updoc.site/download/efeitos-da-suplementaao-de-progesterona-pos_pdf. Acesso em: 24 nov. 2018.

COLAZO, M. G.; KASTELIC, J. P.; SMALL, J. A.; WILDE, R. E.; WARD, D. R.; MAPLETOFT, R. J. Resynchronization of estrus in beef cattle: ovarian function, estrus and fertility following progestin treatment and treatments to synchronize ovarian follicular development and estrus. The Canadian Veterinary Journal, v. 48, n. 1, p. 49-56, 2007.

LONERGAN, P. Influence of progesterone on oocyte quality and embryo development in cows. Theriogenology, Amsterdam, v. 76, n. 1, p. 1591-1601, 2011. DOI: 10.1016/j.theriogenology.2011.06.012

MACHADO, R.; BERGAMASCHI, M. A. C. M.; SUDANO, M.; LEAL, L. S.; ALENCAR, M. M. Boletim de pesquisa e desenvolvimento. São Carlos: EMBRAPA, 2013. Disponível em: http://www.cppse.embrapa. br/sites/default/files/principal/publicacao/Boletim34.pdf. Acesso em: 23 nov. 2018.

MANN, G. E.; LAMMING, G. E. Relationship between maternal endocrine environment, early embryo development and inhibition of the luteolytic mechanism in cows. Reproduction, Montreal, v. 121, n. 1, p. 175-180, 2001.

MANTOVANI, A. P. Utilização prolongada de dispositivo intravaginal contendo progesterona (CIDR®) para indução de folículos persistentes em receptoras de embriões bovinos. 2003. Dissertação (Mestrado em Reprodução Animal - Medicina Veterinária) – Universidade de São Paulo, USP, São Paulo. Disponível em: http://www.teses.usp.br/teses/ disponiveis/10/10131/tde-17012005-163326/fr.php. Acesso em: 29 nov. 2018.

MAZZA, V. M. S.; MADRUGA, L. R. R. G.; ÁVILA, L. V.; PERLIN, A. P.; MACHADO, E. C.; DUARTE, T. L. Gestão de resíduos sólidos em propriedades rurais de municípios do interior do estado do Rio Grande do Sul. Revista em Agronegócios e Meio Ambiente, Maringá, v. 7, n. 3, p. 683-706, 2014.

MENEGHETTI, M.; SÁ FILHO, O. G.; PERES, R. F.; LAMB, G. C.; VASCONCELOS, J. L. Fixed-time artificial in semination with estradiol and progesterone for Bos indicus cows I: basis for development of protocols. Theriogenology, Amsterdam, v. 72, n. 2, p. 179-189, 2009. DOI: 10.1016/j.theriogenology.2009.02.010

MION, B.; GINDRI, P. C.; HAX, L. T.; PRADIEE, J.; PEGORARO, L. M. C.; SCHNEIDER, A. Relação entre o diâmetro folicular, volume do corpo lúteo e a taxa de prenhez em protocolo de inseminação artificial em tempo fixo em bovinos. In: ENCONTRO DE PÓS-GRADUAÇÃO DA UNIVERSIDADE DE PELOTAS/ ENPOS, 19., 2017, Pelotas. Anais… Pelotas: Universidade Federal de Pelotas, 2017. p. 1-4.

NOGUEIRA, E.; PANTOJA, T. A. R.; PEDROSO, M. F.; MARQUES, J. H. R.; BORGES, J. C.; DIAS, A. M.; ITAVO, L. C. V. Comparação entre protocolos de sincronização de cio para receptoras de embriões bovinos. Revista Brasileira de Saúde e Produção Animal, Salvador, v. 14, n. 3, p. 558-564, 2013.

PESSOA, A. B. C. M.; PEREIRA, E. T. N.; MELO, M. I. V. Influência do local de inovulação e do tamanho de corpo lúteo sobre a taxa de prenhez em programa de transferência de embriões bovinos em tempo fixo. Revista Brasileira de Reprodução Animal, Belo Horizonte, v. 38, n. 4, p. 237-241, 2014.

PUGLIESI, G.; SANTOS, F. B.; LOPES, E.; MADUREIRA, E. H.; NOGUEIRA, É.; MAIO, J. R. G.; SILVA, L. A.; BINELLI, M. Impacto da suplementação de progesterona de longa ação durante o diestro inicial em vacas Nelore submetidas a IATF. In: Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões. 28. ed. Natal, 2014. 367 p.

ROVERSI, C. A. Destinação dos resíduos sólidos no meio rural. 2013. Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso em Especialização em Gestão Ambiental em Municípios) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira.

SALA, P. C.; ROSA, V.; OTUTUMI, L. K.; BOSCARATO, A. G.; LEAL, L. S. Suplementação de progesterona para aumentar os índices de gestação em vacas de corte submetidas à inseminação artificial em tempo fixo. Enciclopédia Biosfera, Goiânia, v. 10, n. 19, p. 1715-1726, 2014.

SAMPAIO, P. C. Uso da gonadotrofina coriônica equina e progesterona injetável em protocolos de inseminação artificial em tempo fixo em vacas holandesas. 2013. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) – Universidade Federal de Lavras, Lavras.

STEVENSON, J. S.; JOHNSON, S. K.; MEDINA-BRITOS, M. A.; RICHARDSON-ADAMS, A. M.; LAMB, G. C. Resynchronization of estrus in cattle of unknown pregnancy status using estrogen, progesterone, or both. Journal of Animal Science, Champaign, v. 81, n. 7, p. 1681-1692, 2003. DOI: 10.2527/2003.8171681x

VIANA, J. H. M. Levantamento estatístico da produção de embriões bovinos no Brasil em 2011: mudanças e tendências futuras. O Embrião, v. 51, n. 1, p. 6- 10, 2018.

WEHRMAN, M. E.; FIKE, K. E.; MELVIN, E. J.; KOJIMA, F. N.; KINDER, J. E. Development of a persistent ovarian follicle and associated elevated concentrations of 17 estradiol preceding ovulation does not alter the pregnancy rate after embryo transfer in cattle. Theriogenology, Amsterdam, v. 47, n. 7, p. 1413-1421, 1997. DOI: 10.1016/S0093-691X(97)00132-5




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2019v40n6Supl3p3501

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional