Desempenho e conversão alimentar de juvenis de carpa capim (Ctenopharyngodon idella) alimentadas com Azolla filiculoides e ração com baixo teor lipídico

Silvia Maria Guimarães de Souza, Diego de Oliveira, Caetano Vaz dos Santos, Maria Emilie Corrêa Gomes, Karina Dufech Esteves

Resumo


A oferta de pescado para o consumo humano dependerá mais da expansão do cultivo de peixes que se alimentam dos primeiros níveis tróficos do que daqueles oriundos da pesca extrativa. Plantas aquáticas usadas em fitotratamento de efluentes de aquacultura vêm sendo referidas como uma alternativa alimentar ao uso exclusivo de rações. A Azolla filiculoides é uma pteridófita que apresenta alto nível protéico. Assim, pesquisas sobre as exigências nutricionais de espécies herbívoras são necessárias. O objetivo principal deste estudo foi avaliar o crescimento e eficiência alimentar de juvenis de carpa capim (Ctenopharyngodon idella) alimentadas com três relações (R) entre ração com baixo teor lipídico e a planta aquática in natura (Azolla filiculoides). O experimento foi conduzido em nove reservatórios com capacidade de 300L e três indivíduos por unidade (Peso Inicial = 53,43g). A taxa alimentar diária foi de 2,5%, dividida em duas refeições, constituindo três tratamentos com diferentes relações entre a ração e a Azolla filiculoides na matéria seca (R=Ração/Azolla), R=2,5, R=5 e R=10. A taxa de crescimento específico (TCE = 1,39%) e o ganho peso diário (GPD = 1,06 g/dia) foram melhores na relação Ração / Azolla R = 5.


Palavras-chave


Peixe herbívoro; Ctenopharyngodon idella; Planta aquática; Ganho de peso; Lipídio.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2008v29n2p459

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Semina: Ciências Agrárias

Londrina - PR
ISSN 1676-546X

E-ISSN 1679-0359

semina.agrarias@uel.br