Crescimento vegetativo sazonal em ramos de diferentes idades do cafeeiro conilon

Fábio Luiz Partelli, Henrique Duarte Vieira, Marcelo Gabeto Silva, José Cochicho Ramalho

Abstract


O padrão do crescimento sazonal do cafeeiro é um importante auxiliar na avaliação do estado fisiológico e no manejo da cultura. O objetivo do estudo foi avaliar o crescimento vegetativo em Coffea canephora Pierre cv. Conilon e relacionar com fatores climáticos, tendo por base o crescimento de ramos ortotrópicos e plagiotrópicos com diferentes idades. Marcaram-se três grupos de ramos plagiotrópicos e um de ramos ortotrópicos, cuja avaliação de taxa de crescimento foi efetuada durante um ano no Estado do Rio de Janeiro. A taxa de crescimento varia ao longo do ano, o que parece estar relacionado com a temperatura mínima do ar (na fase de baixo crescimento). Foi observada taxa mais elevada quando a média da temperatura mínima do ar foi superior a 17ºC e a média das temperaturas máximas inferior a 31,5ºC. Abaixo de 17ºC a taxa de crescimento dos ramos diminuiu. O padrão sazonal de crescimento dos ramos é semelhante, contudo, os ramos plagiotrópicos de diferentes idades apresentam taxas de crescimento diferentes no mesmo período do ano. Assim, estudos sobre o crescimento vegetativo sazonal dos ramos não deve se basear apenas num grupo de ramos com idades similares.


Keywords


Coffea canephora Pierre; Temperatura do ar; Estresse



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2010v31n3p619

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional