Nematóides Ciatostomíneos (Strongylidea, Strongylidae) em eqüinos criados a pasto no Estado de São Paulo, Brasil

Oeliton Ferreira Barbosa, Uriel Franco Rocha, Giane Serafim da Silva, Vando Edésio Soares, Viviane Aparecida Veronez, Gilson Pereira de Oliveira, Valdair Josino Carvalho Landim, Alvimar José da Costa

Resumo


Foram selecionados, por meio de exames coprológicos, 14 eqüinos naturalmente infectados por nematóides, oriundos de haras do município de Jaboticabal, São Paulo, Brasil. Os animais foram distribuídos em dois grupos experimentais de sete animais cada, conforme a faixa etária: entre 12 e 24 meses (jovens) e com mais de 60 meses de idade (adultos). Após uma semana, os 14 equinos foram necropsiados e todo conteúdo e raspado de cada segmento do trato gastrintestinal (estômago, intestinos delgado e grosso) foram recolhidos. Os nematóides presentes em todos segmentos anatômicos foram identificados, sexados e contados. Foi dada ênfase aos Cyathostominae encontrados no intestino grosso. De um total de 537.128 nematóides recuperados dos 14 animais necropsiados, 80,5% pertenciam à sub-família Cyathostominae (pequenos estrôngilus). Destes, 72,64% foram encontrados nos equinos jovens e os 27,36% restantes nos animais adultos. Os animais jovens apresentaram 22 espécies de Cyathostominae, enquanto os adultos apresentaram apenas 14 espécies. Este estudo aponta a maior prevalência de ciatostomíneos, entre os nematóides parasitos, principalmente em equinos de 12 a 24 meses de idade, oriundos da região estudada.


Palavras-chave


Ciatostomíneos; Faixa etária; Eqüinos; Nematóides.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2001v22n1p21

Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

Semina: Ciências Agrárias

Londrina - PR
ISSN 1676-546X

E-ISSN 1679-0359

semina.agrarias@uel.br