O papel do dimetilsulfóxido na criopreservação de sêmen de Curimba (Prochilodus lineatus)

Antonio Sergio Varela Junior, Estela Fernandes Silva, Tainã Figueiredo Cardoso, Érica Yokoyama Namba, Rodrigo Desessards Jardim, Danilo Pedro Streit Junior, Carine Dahl Corcini

Abstract


 

A criopreservação de sêmen de Curimba (Prochilodus lineatus) é de importância ecológica e comercial. O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito de diferentes concentrações (2, 5, 8 e 11%) de dimetilsulfóxido (DMSO) diluído em Betsville Thawing Solution (BTS) sobre a qualidade do sêmen de Curimba pós-descongelamento. Foram analisadas a taxa e período de motilidade, viabilidade espermática, integridade da membrana plasmática e do DNA, funcionalidade mitocondrial, e taxa de fertilização e eclosão. A membrana plasmática e a integridade do DNA a uma concentração de DMSO de 11% obtiveram melhores resultados que na concentração de 5% (p <0,05). Contudo, o tratamento de 5% de DMSO resultou em um aumento da latência e uma maior taxa de fertilização e de eclosão, com as demais qualidades do esperma sendo semelhante ao de sêmen fresco. Os resultados deste estudo indicam que 5% de DMSO é ideal para a criopreservação do sêmen Curimba.

.


Keywords


Congelamento; Eclosão; Fertilização; Mitocôndrias; Prochilodus lineatus.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n5p3471

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional