Efeito do nível tecnológico na rentabilidade de sistemas de produção de leite participantes do programa “Balde Cheio”: um estudo multicasos

Marcos Aurélio Lopes, Flávio de Moraes, Francisval de Melo Carvalho, Afonso Aurélio de Carvalho Peres, Fabio Raphael Pascoti Bruhn, Eduardo Mitke Brandão Reis

Abstract


Objetivou-se analisar o efeito do nível tecnológico na rentabilidade de 20 unidades demonstrativas (UD) participantes do programa “Balde Cheio”, no estado do RJ, no período de janeiro a dezembro de 2011. Pretendeu-se, ainda, identificar os componentes que exerceram maior influência sobre os custos total e operacional efetivo e o impacto de cada um deles na receita. Os dados foram analisados utilizandose o software PASW 18.0. Utilizou-se o modelo de regressão linear múltipla com o método stepwise, para identificar os componentes do custo de produção que mais influenciaram na margem líquida, na lucratividade e na rentabilidade. O nível tecnológico influenciou na lucratividade e rentabilidade. Na análise econômica, por apresentar resultado positivo, o estrato com médio nível tecnológico teve viabilidade econômica e condições de produzir no curto, médio e longo prazos, com conseqüente capitalização dos pecuaristas; enquanto que os estratos com baixo e alto níveis tecnológicos apresentaram resultado negativo, indicando que os produtores estão se descapitalizando, pois as receitas auferidas não foram suficientes para pagar seus custos totais. Os itens componentes do custo operacional efetivo que exerceram maiores representatividades nos estratos médios e alto nível tecnológico, em ordem decrescente, foram a alimentação, mão de obra e despesas diversas; enquanto que no estrato baixo nível tecnológico foram a alimentação, despesas diversas e mão de obra. Com relação aos itens componentes do custo total, foram a alimentação, mão de obra e remuneração do capital investido.


Keywords


Bovinocultura de leite; Custo de produção; Gerenciamento; Tecnologia.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n4p2909

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional