Concentração sérica e imunomarcação do fator de crescimento do endotélio vascular em cães com linfoma multicêntrico

Sabrina Marin Rodigheri, Sabryna Gouveia Calazans, Reneé Laufer Amorim, Andrigo Barboza De Nardi, Júlio Lopes Sequeira, Carlos Roberto Daleck

Abstract


O fator de crescimento do endotélio vascular (VEGF) é um dos mais específicos reguladores da angiogênese e da linfangiogênese tumoral, além de influenciar na tumorigênese mediante ativação de um circuito de sinalização autócrina que permite que as células neoplásicas estimulem seu próprio crescimento. O objetivo desse estudo foi investigar os níveis séricos e a imunomarcação do VEGF nos linfomas multicêntricos caninos e correlacionar esses parâmetros com fatores prognósticos da neoplasia. Foram avaliados 16 cães, sendo oito clinicamente sadios e oito com diagnóstico de linfoma multicêntrico. Os animais foram submetidos à coleta de sangue para mensuração da concentração sérica do VEGF e biopsia de linfonodo para avaliação da imunomarcação do VEGF. O escore de imunomarcação do VEGF foi superior (p=0,0003) nos linfonodos de cães com linfoma multicêntrico (8,50±2,33) em comparação ao escore dos linfonodos de cães sadios (1,87±1,80). Não houve diferença significativa entre as concentrações séricas do VEGF de cães sadios e de cães com linfoma (p=0,08). Imunofenótipo, estadiamento clínico e grau de malignidade influenciaram na sobrevida dos cães com linfoma. Os resultados obtidos permitiram concluir que o VEGF está expresso em quantidades elevadas nos linfonodos de cães com linfoma multicêntrico, podendo ser responsável pelo crescimento, sobrevivência e migração das células tumorais.

 


Keywords


Oncologia; Angiogênese; Linfangiogênese; Tumorigênese; VEGF.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n4p2649

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional