Ocorrência de afecções orais em carnívoros selvagens neotropicais mantidos em cativeiro no zoológico da Universidade Federal de Mato Grosso – Cuiabá

Paula Márcia Marques de Campos Andrade, Thais Oliveira Morgado, Paulo Ricardo Mallmann, Paulo Roberto Spiller, Lianna Ghisi Gomes, Matias Bassinello Stocco, Andresa de Cássia Martini, Deise Cristine Schroder, Sandra Helena Ramiro Correa, Roberto Lopes de Souza

Abstract


O controle de lesões odontoestomatológicas contribui diretamente na saúde, sobrevivência e bem-estar dos animais cativos. Este estudo objetivou investigar a ocorrência de afecções orais em carnívoros selvagens neotropicais mantidos no zoológico da Universidade Federal de Mato Grosso – Cuiabá. Foram avaliadas 31 cavidades orais de três famílias (Felidae, Canidae e Procyonidae), no período de julho de 2012 a junho de 2013, sendo doze quatis (Nasua nasua), três mãos-peladas (Procyon cancrivorus), dois lobos-guarás (Chrysocyon brachyurus), seis lobinhos (Cerdocyon thous), uma raposa (Pseudalopex vetulus), três jaguatiricas (Leopardus pardalis), uma onça-parda (Puma concolor) e três gatos selvagens (Puma yaguaroundi, Leopardus wiedii e Leopardus colocolo). As lesões mais frequentes foram ausências dentárias 21/31 (67,7%), fraturas dentárias 20/31 (64,5%) e desgastes dentários 19/31 (61,3%), as quais foram sugestivas de traumas, proveniente de estresse. Foram ainda observados com menor expressão, acúmulo de cálculo dentário grau I em 18/31 (58%), cárie 1/31 (3,2%), corpo estranho 2/31 (6,4%), fístula orofacial 1/31 (3,2%), hiperplasia na mucosa oral 1/31 (3,2%), escurecimento dental 3/31 (9,7%) e escoriações em tecidos moles 4/31 (12,9%). Logo, foi possível concluir que estratégias de enriquecimento ambiental e rotina de avaliação odontoestomatológica são importantes para garantir o bem-estar desses animais, reduzindo as consequências negativas locais e sistêmicas das lesões orais. A dieta utilizada mostrou-se eficiente na prevenção de doença periodontal, sugerindo a manutenção da mesma na alimentação dos animais cativos da instituição.


Keywords


Animais selvagens; Bem-estar animal; Odontologia veterinária.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n4p2633

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional