Ocorrência de anticorpos anti-Brucella abortus e anti-Leptospira spp. em búfalos da Paraíba, Nordeste do Brasil

Arthur Willian de Lima Brasil, Roberta Nunes Parentoni, Diego Figueiredo Costa, Carla Lauise Rodrigues Menezes Pimenta, Rafael Pádua Araújo, Antônio Bruno Guimarães Leal, Clebert José Alves, Sérgio Santos de Azevedo

Abstract


 

O objetivo do trabalho foi determinar a frequência de animais reagentes e os fatores de risco para brucelose e leptospirose em búfalos do Estado da Paraíba. Foram utilizados 136 búfalos oriundos de 14 propriedades. Para o diagnóstico da brucelose empregou-se como teste de triagem o antígeno acidificado tamponado (AAT) e o teste do 2-mercaptoetanol (2-ME) como prova confirmatória. Para leptospirose foi realizado o teste de soroaglutinação microscópica (SAM), com ponto de corte 1:100. Dos 136 animais examinados dois (1,5%; IC 95% = 0,4% - 5,2%) foram positivos para brucelose e 38 (27,9%; IC 95% = 21,1% - 36,0%) para leptospirose. Os animais positivos para brucelose foram procedentes de duas (14,3%) propriedades, enquanto para leptospirose nove (64,3%) propriedades apresentaram animais soropositivos. Os sorovares de Leptospira spp. mais frequentes foram Bratislava, Pomona e Canicola. Conclui-se que a leptospirose encontra-se disseminada em búfalos do Estado da Paraíba, e sugere-se que a criação consorciada com equinos e suínos pode ser um fator importante na ocorrência de animais positivos. A presença de animais positivos para brucelose indica a possibilidade de impacto negativo nas ações de controle da doença em bovinos, e dessa forma recomenda-se que maior atenção seja dada a esses animais do ponto de vista do controle da brucelose.


Keywords


Brucella abortus; Búfalo; Leptospira spp.; Nordeste do Brasil; Soroepidemiologia.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n3Supl1p2005

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional