Características morfológicas e desempenho de crescimento de monossexo macho de tilápia da variedade GIFT e Saint Peter®

Nilton Garcia Marengoni, Luciana Maria Curty Machado, Carlos Antonio Lopes de Oliveira, Grazyella Massako Yoshida, Natali Miwa Kunita, Ricardo Pereira Ribeiro

Abstract


Este estudo teve como objetivo comparar as características morfológicas e o desempenho de populações monossexo macho de tilápia da variedade Genetic Improved Farmed Tilapia (GIFT) e Saint Peter® cultivadas em um sistema misto. O experimento foi conduzido durante o período de junho a novembro de 2012, na Estação da Piscicultura Sgarbi, no Município de Palotina. Os juvenis da GIFT foram obtidos de reprodutores da Estação de Piscicultura da Universidade Estadual de Maringá (UEM/Codapar) e os híbridos vermelhos foram oriundos de reprodutores da Estação da Piscicultura Sgarbi. Os valores genéticos médios da variedade GIFT para três grupos genéticos (I, II e III) foram obtidos por meio de uma avaliação genética pelo Best Linear Unbiased Prediction (BLUP), utilizando o controle de parentesco das tilápias. Informação de pedigree completo da GIFT desde a sua introdução no Brasil foi utilizado e os grupos genéticos foram classificados como I (grupo superior), II (grupo intermediário) e III (grupo inferior). Utilizou-se o sistema semi-intensivo, sendo adotada a densidade de 4,7 peixes m-2 de lâmina de água. Foram alojados 480 peixes da variedade GIFT e 1400 peixes do híbrido vermelho, totalizando 1880 animais, com peso médio inicial de 15 g. Os peixes foram identificados individualmente através de Passive Integrated Transponder (PIT) tags. A despesca foi realizada ao final do período de 160 dias. Os dados de peso final e ganho em peso diário, e das características morfológicas incluindo comprimento total, comprimento padrão, comprimento da cabeça, altura da cauda, altura do corpo, largura da cauda, largura do corpo, comprimento da cabeça/comprimento padrão, área e volume corporal foram avaliados. Aplicou-se a análise de variância (ANOVA) e o teste de Tukey a 5% de probabilidade. Os valores médios de peso final e ganho em peso diário entre os três grupos genéticos da GIFT não apresentaram diferenças significativas. Porém, todos os grupos genéticos da GIFT apresentaram valores médios do desempenho e das características morfológicas superiores ao híbrido Saint Peter®. Entre os grupos genéticos da variedade GIFT houve diferença significativa (p<0,001) apenas para a altura do corpo entre os grupos I e III. As características morfológicas e de desempenho foram superiores para a variedade GIFT, independente do grupo genético, quando comparada à Saint Peter®, com exceção da relação comprimento da cabeça/comprimento padrão. 


Keywords


Oreochromis sp.; Sistema misto; Tilápia do Nilo; Tilápia vermelha.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n5p3399

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional