Seleção de famílias irmãos completos e meios irmãos do maracujazeiro amarelo resistentes ao Tetranychus mexicanus

Leonarda Grillo Neves, Claudio Horst Bruckner, Marcelo Coutinho Picanço, Kelly Lana Araújo, Petterson Baptista da Luz, Marco Antonio Aparecido Barelli, Milson Evaldo Serafim

Abstract


O objetivo deste trabalho foi avaliar o comportamento das famílias de irmãos completos e meios irmãos de maracujazeiro amarelo com relação à resistência ao ácaro rajado (Tetranychus mexicanus), e estudar as alternativas de seleção com base no ganho genético estimado. As 113 famílias de irmãos completos e meios irmãos foram avaliados, usando-se o delineamento em blocos ao acaso em arranjo em sets, com relação a produtividade da primeira florada (g 21m-2), a qual foi definida a partir do peso médio dos frutos, e pelo número de frutos colhidos na primeira florada (PPFP) e o caracter principal, neste estudo, o número médio de ácaros por parcela (NA). O teste F, acusou variabilidade genética para número de ácaros com relação às famílias de machos e para produtividade da primeira florada em vinculada às famílias de fêmeas/machos e famílias de machos. Pode-se verificar que a variância de macho foi maior que a variância de fêmea, para o caracter, número de ácaros. Consequentemente, para esse caracter não houve efeito gênico atribuído a dominância. O coeficiente de herdabilidade, em nível de machos, para número de ácaros foi a metade da herdabilidade para produtividade na primeira florada, indicando ser altamente influenciada pelo ambiente. Nos dois caracteres avaliados, a seleção combinada foi a que proporcionou os maiores ganhos de seleção.

 


Keywords


Delineamento I; Passiflora edulis Sims; Ácaro fitófago.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n4p2507

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional