Variação espacial e definição de zonas de extração de nutrientes pela fitomassa do capim-Marandu

Sabino Pereira da Silva Neto, Antonio Clementino dos Santos, Raimundo Laerton de Lima Leite, Emerson Alexandrino, José Neuman Miranda Neiva, José Geraldo Donizetti dos Santos, José Expedito Cavalcante da Silva

Abstract


O objetivo foi quantificar, descrever e identificar zonas de extração de nutrientes pela fitomassa da Brachiaria brazantha cv. Marandu em sistemas de integração floresta-pasto em região de transição Cerrado-Amazônia sobre Neossolo Quartzarênico Órtico típico, por meio de técnicas de geoestatística, de análise de componentes principais e da lógica de agrupamento não hierárquica de fuzzy k-médias. As avaliações foram realizadas em dois sistemas de integração floresta-pasto originários da associação de Brachiaria brizantha cv. Marandu e vegetação nativa raleada com 50% e 75% (IFP-I e IFP-II, respectivamente) de sombreamento e em pastagem de Brachiaria brizantha cv. Marandu em monocultivo. Para cada tratamento foi demarcada uma área de 4.000 m² (40 x 100 m) que continham 32 pontos de coleta dispostos em malha de 4 x 25 m. Em cada ponto previamente marcado nos tratamentos avaliados se estimou as taxas de alongamento de lâminas foliares, senescência foliar e de alongamento de colmo. Ao final de cada ciclo produtivo foram determinados nas lâminas foliares e no colmo os teores de nutrientes (N, P, K, Ca e Mg. A extração de nutrientes foi calculada em função das taxas de produção bruta de forragem, de acúmulo de forragem e de folhas. Zonas de extração de nutrientes minerais pela fitomassa da Brachiaria brizantha cv. Marandu são definidas utilizando-se técnicas de geoestatística, de análise de componentes principais e da lógica de agrupamento não hierárquica de fuzzy k-médias. Assim o uso desses procedimentos é viável na definição e delimitação de zonas homogêneas dentro e entre os sistemas de produção de gramínea estudados.


Keywords


Agropecuária de precisão; Análise componentes principais; Geoestatística; Krigagem ordinária; Lógica fuzzy k-médias; Manejo da pastagem.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n5p3383

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional