Indicadores de qualidade de pastagens degradadas sob condições de relevo acidentado

Renato Ribeiro Passos, Liovando Marciano Costa, Diego Lang Burak, Danilo Andrade Santos

Abstract


Devido à influência do relevo na variabilidade do solo, condições pedogenéticas homogêneas têm sido recomendadas para desenvolvimento de índices de qualidade do solo baseados em seus atributos químicos, físicos e biológicos. Tal fato limita o desenvolvimento e aplicação de um índice para um mesmo pedoambiente de relevo mais acidentado. O presente trabalho teve como objetivo avaliar a cobertura do solo e atributos químicos e físicos do solo como indicadores de qualidade relacionando-os com aspectos visuais de degradação das pastagens e contextualizando a influência do relevo. Para tanto, separaram-se níveis de degradação a partir de aspectos visuais, avaliou-se a cobertura do solo, atributos químicos e físicos do solo. Tais níveis foram definidos de forma menos subjetiva a partir das funções discriminantes geradas utilizando-se informações da cobertura do solo. Pela Análise de Fatores observa-se que altitude e faces de exposição ao sol estão relacionadas à explicação de uma menor proporção da variação total dos dados. Em contrapartida, a declividade controla a maior parte da variação dos atributos do solo, principalmente os físicos que não apresentaram uma relação direta e clara com a cobertura do solo e com níveis de degradação dificultando o uso desses atributos como indicadores de qualidade. Essa relação com os atributos dos solos se diferencia principalmente em função da face de exposição: na face Leste/Sul observa maior relação dos atributos físicos com a cobertura vegetal, diferentemente na face Oeste/Norte. De fato, a influência do relevo no controle da intensidade de insolação e da umidade do solo modifica a dinâmica da relação solo-vegetação. Assim, a mensuração da cobertura vegetal e uso de funções discriminantes torna-se, em relevo mais acidentado, uma forma mais eficiente na discriminação entre níveis de degradação, ponderando adicionalmente a influência de fatores do ambiente (temperatura, intensidade de insolação, umidade do solo) na qualidade das pastagens.


Keywords


Cobertura do solo; Atributos químicos e físicos do solo; Análise multivariada; Degradação do solo.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2015v36n4p2465

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional