Parâmetros genéticos e características morfométricas de duas gerações de Tilápia do Nilo linhagem GIFT

Sheila Nogueira de Oliveira, Carlos Antonio Lopes de Oliveira, Luis Alexandre Filho, Emiko Kawakami de Resende, Nelson Mauricio Lopera Barrero, Natali Miwa Kunita, Victor Francisco Araya Santander, Ricardo Pereira Ribeiro

Abstract


O objetivo deste trabalho foi estimar a (co) variância e os parâmetros genéticos para peso e ganho de peso médio diário de duas gerações de tilápia do Nilo (Oreochromis niloticus) linhagem GIFT. Foram avaliados 3.918 peixes por análise univariada e bivariada, utilizando inferência Bayesiana. As estimativas de herdabilidade usando modelos de análise unicaracteristica para o peso foi de 0,15 e para o ganho em peso médio diário foi de 0,19. Nas características morfométricas: comprimento total, comprimento padrão, largura, altura, tamanho da cabeça, os valores para herdabilidade foram de 0,23; 0,17; 0,19; 0,15 e 0,17 respectivamente. A correlação de Spearman e Pearson para os valores genéticos das características morfométricas em relação ao ganho de peso médio diário variaram de 0,58 a 0,98 e 0,63 a 0,99. Na segunda geração (G2), o ganho genético foi de 2,6%, o tamanho efetivo da população foi de 94, e coeficiente de endogamia foi de 0,005. Na geração (G3) estes valores foram de 8,1%, 124 e 0,004. As estimativas de (co) variância e parâmetros genéticos para peso e ganho de peso médio diário demonstraram que o ganho genético ao longo de gerações é gradual e crescente de uma geração para a outra indicando que o critério de seleção escolhido foi eficiente.


Keywords


Inferência bayesiana; Melhoramento; Oreochromis niloticus; Peixe; Seleção.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2014v35n6p3457

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional