Aspectos comportamentais, temorregulatórios e operacionais do uso de lâmina d’água rasa na criação de leitoas

Heverton Michael Biazzi, Diovani Paiano, Maria Luisa Appendino Nunes, Marcelise Regina Fachinello, Pedro Filipe de Souza Teles

Abstract


Foi conduzido um trabalho para avaliar os comportamentos, a termorregulação e os aspectos operacionais da criação de leitoas (25 aos 110 kg de peso vivo) alojadas em lâminas d’água rasa (LDR), com 2 cm de profundidade, sem adição de água em comparação com o piso totalmente compacto (PTC), nas estações de inverno e verão. Foram utilizadas fêmeas de linhagem comercial para alta deposição de tecido magro, alojadas em baias de crescimento/terminação por 108 dias (11 animais por baia, 1,2 m2/animal). Foram realizadas observações instantâneas do comportamento, a cada 12 minutos, das 7h00min às 19h00min por seis dias ao longo do período de criação. No final do período de criação foram analisados os aspectos operacionais da limpeza das instalações. Foi utilizado delineamento em um esquema fatorial 2x2, com dois tipos de pisos e duas estações, com três repetições. As temperaturas médias do ar no inverno e verão foram de 19,9±2,2ºC e 24,5±2,3ºC, respectivamente. A utilização de LDR reduziu os comportamentos agressivos e aumentou os comportamentos exploratórios, aumentou o tempo de limpeza diário e reduziu o tempo de limpeza final das baias.


Keywords


Bem-estar animal; Enriquecimento ambiental; Instalações; Suínos.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2014v35n6p3439

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional