Índices da variabilidade da frequência cardíaca no domínio do tempo, em cães saudáveis suplementados com ômega n-3

Thiago Hideky Yamauti dos Santos, Maíra Mont`Alvão Guedes de Araújo, Renato Souza Gonçalves, Mateus José Sudano, Luiz Henrique de Araújo Machado, Lídia Raquel de Carvalho, Maria Lucia Gomes Lourenço

Abstract


A análise da variabilidade da frequência cardíaca (VFC) no domínio do tempo, foi realizada por meio da monitorização eletrocardiográfica dinâmica em vinte e quatro horas (Holter), em cães sadios, sem raça definida, sendo dez machos e dez fêmeas, antes e após suplementação oral, por quatro semanas com ácido graxos poliinsaturados de cadeia longa (PUFAS) derivados do ômega n-3 [497 mg ácido docosahexaenóico (DHA) e 780 mg ácido eicosapentanóico (EPA)], resultando em uma dose média de 34,9 mg/kg de EPA e 22,2 mg/kg de DHA em machos e média de 43 mg/kg de EPA e 27 mg/kg em fêmeas. Os índices da VFC calculados no domínio do tempo foram: NN, SDNN, SDANN, SDNN índex, pnn50 e rMSSD e frequência cardíaca, verificando-se o efeito do sexo e da suplementação. Os resultados obtidos não demonstraram efeitos significativos da suplementação ou influência do sexo sobre os índices; a suplementação dietética com PUFAS derivados do ômega n-3 por quatro semanas não diminuiu a frequência cardíaca e não promoveu elevação da VFC em cães saudáveis.


Keywords


Cão; VFC; PUFAs; Holter.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2014v35n4Suplp2453

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional