Métodos de restrição alimentar para induzir a muda em poedeiras comerciais

Josenio Cerbaro, Amanda D`avila Verardi, Vladimir de Oliveira, Clóvis Eliseu Gewehr

Abstract


O objetivo do trabalho foi avaliar métodos de restrição alimentar quantitativa ou qualitativa para a indução a muda sobre o desempenho de poedeiras Hy-Line Brown no segundo ciclo de produção. Foram utilizadas 225 aves com 88 semanas de idade em um delineamento inteiramente casualizado com cinco tratamentos: Quant100 – restrição de 100% da quantidade diária de ração recomendada para a linhagem; Quant75 – restrição de 75% da quantidade diária de ração recomendada; Quant50 – restrição de 50% da quantidade diária de ração recomendada; Qual75 – dieta com 75% de casca de arroz e 25% de dieta basal; Qual50 – dieta com 50% casca de arroz e 50% de dieta basal. A conversão alimentar por dúzia e por massa de ovos foi similar (P=0,0035 e P=0,0139) para os métodos Quant75 e Qual75 em relação ao Quant100. A produção de ovos foi semelhante (P=0,0122) para as poedeiras dos tratamentos Quant75, Quant50 e Qual75 em relação ao Quant100. Os métodos de restrição alimentar não alteraram (P=0,8971) a densidade dos ovos no segundo ciclo. Os métodos Quant75 ou Qual75podem substituir o método tradicional (Quant100) para induzir a muda em poedeiras Hy-Line Brown, sem alterações no desempenho das aves no segundo ciclo de produção.


Keywords


Desempenho; Gallus gallus; Ovo marrom; Postura comercial; Troca de penas.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2014v35n4Suplp2817

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional