Predição da composição química corporal de cordeiros Morada Nova usando a composição da seção entre a 9a e 11a costelas

Marcus Roberto Góes Ferreira Costa, Elzânia Sales Pereira, Andréa Pereira Pinto, Aderbal Marcos de Azevêdo Silva, Ariosvaldo Nunes de Medeiros, Ivone Yurika Mizubuti, Edson Luiz de Azambuja Ribeiro, Ana Cláudia Nascimento Campos, Carla Renata Figueiredo Gadelha, Ronaldo Lopes Oliveira

Abstract


A determinação da composição química do corpo e da carcaça é importante em estudos sobre regulação nutricional e do crescimento. O objetivo do presente estudo foi desenvolver equações para predição da composição química do corpo e da carcaça utilizando a composição química da seção entre a 9-11ª costela em cordeiros Morada Nova. Foram utilizados quarenta e oito cordeiros Morada Nova com peso inicial de 12,05 ± 1,81 kg. Oito animais foram abatidos no início do experimento para servir como grupo referência com o objetivo de estimar o peso do corpo vazio inicial e a composição corporal. Os animais remanescentes foram distribuídos em delineamento em blocos inteiramente casualizados com oito repetições por bloco e cinco dietas contendo níveis crescentes de energia metabolizável (0,96; 1,28; 1,72; 2,18 e 2.62 Mcal/kg de matéria seca). Os animais foram abatidos quando a média de peso corporal do grupo alcançou 25kg. A composição química corporal foi determinada pela avaliação da composição da meia carcaça direita, bem como, pela utilização de uma amostra entre a 9-11ª costela (seção HH) obtida na meia carcaça esquerda. De acordo com o coeficiente de correlação de Pearson, a utilização da seção HH foi sensível para predizer as porcentagens de proteína (r = 0,89), extrato etéreo (r = 0,81) e minerais (r = 0,83). Equações foram desenvolvidas para estimar a percentagem de proteína, extrato etéreo, cinzas na carcaça dos seguintes componentes na seção HH: %PB na carcaça = –21,05 + 3,052*%PB na seção HH (r² = 0,83); %EE na carcaça = –6,443+2,879*%EE na seção HH (r² = 0,76); %Cinzas = 4,52-0,362*%Cinzas na seção HH (r² = 0,15); %Água = 7,55+0,878*%Água na seção HH (r² = 0,85). O corte a partir da seção entre as costelas 9-11ª serviu satisfatoriamente para predizer os conteúdos de proteína e extrato etéreo no corpo vazio, com valores de r = 0,84 e 0,78, respectivamente. Os conteúdos de proteína bruta e extrato etéreo do corpo vazio podem ser satisfatoriamente estimados a partir da composição química da seção HH; contudo, mais informações devem ser geradas para obtenção de equações mais seguramente aplicáveis.


Keywords


Exigência nutricional; Ovinos; Seção HH.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2014v35n4p2019

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433 / 1679-0359
E-mail:  semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença  Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional