Desempenho e consumo de nutrientes em cordeiros alimentados com cana-de-açúcar hidrolizada sob diferentes condições

Viviane Endo, Américo Garcia da Silva Sobrinho, Natália Ludmila Lins Lima, Fabiana Alves de Almeida, Nivea Maria Brancacci Lopes Zeola

Abstract


Foram utilizados 24 cordeiros Ile de France confinados, nascidos no mesmo período para a avaliação do desempenho e consumo de nutrientes (entrada no experiemento com 15 ± 0,221 até 32 ± 0,265 kg de peso corporal). Os tratamentos foram: IN (cana-de-açúcar in natura + concentrado), AER (cana-de-açúcar hidrolizada com 0,6% de óxido de calico (CaO) sob condições aeróbicas + concentrado) e ANA (canade- açúcar hidrolizada com 0,6% de CaO sob condições anaeróbicas + concentrado). O delineamento foi inteiramente casualizado com oito repetições por tratamento. Os cordeiros foram confinados em baias individuais e alimentados com dieta que permitia 10% de sobras. Os cordeiros foram pesados semanalmente para obtenção do ganho de peso diário e conversão alimentar. O consumo de nutrientes foi mensurado com base na quantidade de nutrientes presente nos alimentos que foram fornecidos aos animais e a quantidade de nutrientes das sobras. As médias foram testadas pelo teste de Tukey para 5% de significância (P < 0,05). Não foi observado diferença entre os tratamentos para desempenho, que tiveram ganho médio de peso diário de 0,241 kg e conversão alimentar de 3,99. Cordeiros alimentados com cana-de-açúcar hidrolisada sob condições anaeróbicas tiveram maior consumo de matéria mineral (69,97 g dia-1) comparado com os demais tratamentos. Não houve diferença entre os tratamentos para consumo dos demais nutrientes. A cana-de-açúcar hidrolizada sob condições aeróbicas e anaeróbicas não afetaram o desempenho e nem o consumo de nutrientes pelos cordeiros. A escolha entre o fornecimento da cana-de-açúcar in natura ou hidrolizada dependerá de uma análise econômica.


Keywords


Conversão alimentar; Ganho de peso; Hidrólise; Saccharum Officinarum.

Full Text:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2014v35n3p1515

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional