Anticorpos anti-Brucella abortus em equídeos errantes do município de Mossoró, Rio Grande do Norte

Elaine Maria Seles Dorneles, Leíse Gomes Fernandes, Jordana Almeida Santana, Francisco Joelson Correa Freitas, Joseney Maria de Lima, Isabella de Oliveira Barros, Sidnei Miyoshi Sakamoto, Marcos Bryan Heinemann, Andrey Pereira Lage

Abstract


Os objetivos deste trabalho foram (i) determinar a ocorrência da infecção por Brucella abortus em equídeos de vida livre no município de Mossoró, Rio Grande do Norte e (ii) avaliar possíveis fatores associados a esta infecção. Soros de 227 equídeos (178 asininos, 43 equinos e 6 muares), capturados pela polícia rodoviária e funcionários da prefeitura, foram coletados por punção venosa. A pesquisa de anticorpos anti-Brucella abortus foi realizada empregando-se, como triagem, o teste do antígeno acidificado tamponado (AAT) e como confirmatório o teste de redução pelo 2-Mercaptoetanol (2ME). Dos animais testados, quatro (1,76%) foram positivos para anticorpos anti- B. abortus. Todos os positivos eram equinos (9,30%, 4/43). A análise das variáveis levantadas (sexo e idade) como possíveis fatores associados à infecção por B. abortus não revelou a existência de associação entre estas e a soropositividade. Assim, o presente estudo permite concluir que a infecção por B. abortus está presente em equinos do município de Mossoró, Rio Grande do Norte.


Keywords


Brucelose; B. abortus; Equídeos errantes; Mossoró.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n3p1281

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional