Torta de dendê (Elaeis guineensis L.) em dietas de vacas leiteiras

Odislei Fagner Ribeiro Cunha, Jose Neuman Miranda Neiva, Raylon Pereira Maciel, João Restle, Vera Lúcia Araújo, Joseilson Paiva, Fabricia Rocha Chaves Miotto

Abstract


O objetivo do presente trabalho foi avaliar o efeito da inclusão (0.0; 113,4; 227,8 e 341,7 g/kg de matéria seca) da torta de dendê (TD) em dietas para vacas leiteiras lactantes sobre o consumo, digestibilidade aparente da matéria seca e dos nutrientes e produção de leite. Foram utilizadas oito vacas mestiças Holandês x Zebu, primíparas, com peso médio de 382 kg, entre 60 e 90 dias de lactação, distribuídas em duplos quadrados latinos 4 x 4. Cada período experimental teve duração de 15 dias, sendo 11 dias para adaptação e quatro para coletas. Avaliou- se o consumo, expresso em kg/dia, g/kgpv0,75 e g/kg PV, a digestibilidade aparente da matéria seca ( MS), proteina bruta (PB), fibra em detergente neutro (FDN), fibra em detergente ácido (FDA), hemicelulose (HEM), carboidratos não fibrosos (CNF), extrato etéreo (EE) e nutrientes digestíveis totais (NDT) e a produção de leite corrigida para gordura (PLCG). A inclusão de níveis crescentes de TD na dieta acarretou redução linear no consumo de MS, PB, HEM, CNF e NDT. O consumo de FDN apresentou efeito quadrático e os maiores valores foram observados com o nível de inclusão de TD de 113,4 g/kg MS. Houve efeito linear decrescente sobre a PLCG com a inclusão da TD. Houve redução linear da digestibilidade da MS e dos CT, porém não se observou efeito sobre a digestibilidade da FDN e FDA. Observou-se ainda aumento linear da digestibilidade da PB, CNF e EE. O aumento da digestibilidade destes nutrientes provavelmente ocorreu devido ao maior tempo de retenção da digesta no rúmen ocasionado pela redução no consumo de MS. A adição de TD diminui o valor nutritivo das dietas reduzindo linearmente a produção de leite.


Keywords


Agroindústria; Biodiesel; Digestibilidade; Elaeis guineensis L.; Produção de leite; Subprodutos; Torta de dendê.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n1p445

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional