Efeito da aminoetoxivinilglicina nas propriedades físico-mecânicas, bioquímicas e cor da maçã cv. Braeburn

Burhan Ozturk, Yakup Ozkan, Ebubekir Altuntas, Kenan Yidiz, Onur Saracoglu

Abstract


Foram determinados os efeitos do tratamento em pré-colheita com aminoetoxivinilglicina (AVG) nas propriedades bioquímicas, físico-mecânicas e características da cor da maçã ‘Braeburn’. AVG foi aplicado quatro semanas antes da data estimada de colheita, em quatro doses (0, 100, 300 e 500 mgL- 1). Enquanto os menores valores de sólidos solúveis totais e pH foram obtidos no tratamento com 500 mgL-1 AVG, os maiores valores foram obtidos no tratamento com 0 mgL-1 AVG. A acidez titulável foi maior no tratamento com 500 mgL-1 AVG do que nos tratamentos 100 e 300 mgL-1. A maior atividade de fenólicos totais e antioxidantes na polpa e na casca da maçã foi obtida no tratamento com 0 mgL-1 AVG, enquanto que o menor valor foi obtido no tratamento com 500 mgL-1 AVG. Com o aumento das doses de AVG, a antocianina monomérica total foi reduzida. As médias geométricas diâmetro do fruto, massa do fruto, força de remoção de frutas, polpa e casca aumentaram com o aumento das doses de AVG. Os valores do ângulo da matriz de polpa e casca da fruta foram menores no tratamento com 0 mgL-1 AVG.


Keywords


Malus domestica Borkh; Cor; Antioxidantes; Compostos fenólicos.



DOI: http://dx.doi.org/10.5433/1679-0359.2013v34n3p1111

Semina: Ciênc. Agrár.
Londrina - PR
E-ISSN 1679-0359
DOI: 10.5433/1679-0359
E-mail: semina.agrarias@uel.br
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional