v. 5, n. 1 (2017)

jan./jun.

Com satisfação apresento à comunidade acadêmica o primeiro número do quinto volume da Revista Organizações e Sustentabilidade. Trata-se de uma edição dedicada a publicar os melhores artigos do tema “Direito à Cidade e Justiça Ambiental”, discutido nos seguintes eventos: II Congresso Internacional de Política Social e Serviço Social, III Seminário de Território e Gestão de Políticas Sociais e II Congresso de Direito à Cidade e Justiça Ambiental.

No primeiro artigo, de título “De Lefebvre à Harvey: uma análise crítica do direito à cidade como instituto jurídico”, os autores Jussara Romero Sanches, Gabriel Miaki Sobreira e Miguel Etinger de Araujo Junior verificaram se ocorreram transformações nas características originais do conceito de direito à cidade no seu processo de incorporação nos sistemas jurídicos nacionais e internacionais.

No segundo artigo, de título “Gestão Ambiental: instrumento para proporcionar qualidade de vida e agente de prevenção à injustiça ambiental no meio ambiente urbano”, os autores Priscylla Gomes de Lima e Marcio Lucio Batilani realizaram uma pesquisa bibliográfica de doutrina especializada e consulta à legislação pátria para fundamentar a hipótese sobre a relevância da gestão ambiental.

No terceiro artigo, de título “Política Pública Habitacional: um padrão em diversos contextos”, os autores Janayna Aparecida Cardoso Melo e Carlos Alberto Francisco de Sousa realizaram um levantamento sobre o panorama da política pública de habitação no Brasil entre 2000 e 2013 e compararam a realidade de execução do Programa Minha Casa Minha Vida em Anápolis-GO com a realidade de outras localidades apontadas por outros estudos.

No quarto artigo, de título “Políticas Públicas Habitacionais: em busca da justiça ambiental e da efetivação do direito à moradia adequada”, os autores Thales Ernesto Cristino Braga e Mirella Arneiro Samaha de Faria desenvolveram questionamentos e reflexões voltadas às atuais dinâmicas habitacionais do país.

No quinto artigo, de título “Metodologia de Gestão dos Processos de Regularização Fundiária – COHAB – Londrina, as autoras Edna Aparecida de Carvalho Braun e Hisae Gunji desenvolveram um estudo descritivo para demonstrar a elaboração e a aplicação de uma metodologia no processo de Regularização Fundiária dos assentamentos regularizados pela COHAB-LD no período de 2013 a 2016.

No sexto artigo, de título “A Lógica Territorial da Produção Habitacional de Interesse Social em Londrina-PR”, os autores Elisa Roberta Zanon, Miguel Etinger de Araujo Junior e Sandra Maria Almeida Cordeiro trataram sobre a habitação social em Londrina associada à lógica territorial de segregação socioespacial.

Em nome do Corpo Editorial da Revista Organizações e Sustentabilidade desejo boas leituras a todos.

Prof. Dr. Rafael Borim-de-Souza (Editor Chefe)

Sumário

Artigos

Jussara Romero Sanches, Gabriel Miaki Sobreira, Miguel Etinger de Araujo Junior
PDF
3-19
Priscylla Gomes de Lima, Marcio Lucio Batilani
PDF
20-34
Janayna Aparecida Cardoso Melo, Carlos Alberto Francisco de Sousa
PDF
35-51
Thales Ernesto Cristino Braga, Mirella Arneiro Samaha de Faria
PDF
52-69
Edna Aparecida de Carvalho Braun, Hisae Gunji
PDF
70-88
Elisa Roberta Zanon, Miguel Etinger de Araujo Junior, Sandra Maria Almeida Cordeiro
PDF
89-105