v. 4, n. 2 (2016)

jul./dez.

Com satisfação apresento à comunidade acadêmica o segundo número do quarto volume da Revista Organizações e Sustentabilidade.

No primeiro artigo, de título “Sustentabilidade Organizacional: proposição de um framework para a gestão da sustentabilidade social a partir da lógica das competências”, as autoras Ana Claudia Bansi, Nayele Macini e Adriana Cristina Ferreira Caldana aprofundaram, detalharam e explicaram a gestão da sustentabilidade social conforme inserida no Framework Representativo do Acontecimento da Sustentabilidade Organizacional (FRASOR), proposto por Munck, Munck e Borim-de-Souza (2011).

No segundo artigo, de título “Fairness ou Arms-lenght: abordagens da gestão de stakeholders no setor bancário”, os autores Greici Sarturi, Simone R. Barakat, Keysa Manuela Cunha de Mascena e Adalberto Fischmann identificaram a abordagem da gestão de stakeholders de empresas que operam em um mesmo setor e analisaram a associação entre a abordagem adotada e o tamanho da empresa.

No terceiro artigo, de título “Comunicação e Sustentabilidade: uma discussão sobre o conceito de ‘comunicação sustentável’ como um processo de construção de valores sustentáveis nas organizações”, as autoras Milene Rocha Leitzke e Marlene Regina Marchiori realizaram uma discussão a partir do termo Comunicação Sustentável, conhecido como um caminho responsável por facilitar os relacionamentos e proporcionar um ambiente de entendimento mútuo entre indivíduos, tornando-os conscientes sobre sustentabilidade, proporcionando a prática de valores sustentáveis nos ambientes organizacionais.

No quarto artigo, de título “‘Alemães’ e ‘Paraibanos’ no Noroeste Paranaense: os estabelecidos e os outsiders”, as autoras Luiza Ortiz Santos e Adriana Vinholi Rampazo realizaram um estudo com base na obra de Elias e Scotson, pelo qual buscaram compreender as relações entre estabelecidos e outsiders em um pequeno distrito do interior do Paraná.

No quinto artigo, de título “Resíduos Alimentares e as Mudanças Climáticas”, os autores Carolina Cristina Fernandes, Bruno Giovanni Mazzola e Moacir de Miranda Oliveira Júnior resgataram conceitos teóricos e dados secundários para embasar contribuições a estes dois assuntos tão contemporâneos.

No sexto artigo, de título “Compras Públicas como Incentivo à Agricultura Familiar: panorama do Programa Nacional de Alimentação Escolar na cidade de Londrina”, os autores Juliana Nakamura Gallassi, Luiz Fernando Camargo e Luíz Miguel Luzio dos Santos estabeleceram o panorama da aquisição de alimentos, considerando o PNAE no município de Londrina, com o intuito de identificar a relação entre implementação do programa e a melhoria nas condições da agricultura familiar.

Em nome do Corpo Editorial da Revista Organizações e Sustentabilidade, desejo boas leituras a todos.

Prof. Dr. Rafael Borim-de-Souza (Editor-Chefe)

Sumário

Artigos

Greici Sarturi, Simone R. Barakat, Keysa Manuela Cunha de Mascena, Adalberto A. Fischmann
PDF
3-29
Ana Claudia Bansi, Nayele Macini, Adriana Cristina Ferreira Caldana
PDF
30-64
Juliana Nakamura Gallassi, Luiz Fernando Camargo, Luís Miguel Luzio dos Santos
PDF
65-91
Luiza Ortiz Santos, Adriana Vinholi Rampazo
PDF
142-160

Ensaios Teóricos

Milene Rocha Leitzke, Marlene Regina Marchiori
PDF
92-115
Carolina Cristina Fernandes, Bruno Giovanni Mazzola, Moacir de Miranda Oliveira Júnior
PDF
116-141