v. 2, n. 2 (2014)

jul./dez.

Com satisfação apresento à comunidade acadêmica o segundo número do segundo volume da Revista Organizações e Sustentabilidade.

No primeiro artigo, de título “Biopoder, Biopolítica e Governamentalidade: a respeito da interpretação e crítica do poder gerencial”, o autor Edgar Varela Barrios baseou-se nas ideias de Foucault para discorrer sobre os conceitos de biopoder, biopolítica e governamentalidade na atividade de gerenciamento de organizações, associando-os às relações de poder nas sociedades contemporâneas.

No segundo artigo, de título “Estado e Desenvolvimento Sustentável: um balanço da Gestão Ambiental no Brasil (1973-2002)”, o autor Vicente Rosa Alves aponta que a gestão ambiental no Brasil por muito tempo se limitou à ideia de preservação e conservação da fauna e da flora. A pesquisa ressalta, porém, que outros fatores, como a escassez de recursos, sejam eles humanos, materiais ou financeiros, também deveriam ser considerados relevantes na gestão ambiental.

No terceiro artigo, de título “Sustentabilidade como prática: um olhar Etnometodológico e Sociomaterial a partir da Orla Marítima de João Pessoa, Paraíba”, os autores Erica Dayane Chaves Cavalcante e Marcelo de Souza Bispo apresentaram o conceito de sustentabilidade como uma prática cotidiana que está em constante modificação. No local pesquisado, os autores identificaram que os humanos que interagiam com o meio contribuíram para a mudança da realidade social local.

No quarto artigo, de título “Sustentabilidade por meio do comércio justo: o caso de uma cooperativa que produz artesanato em seda”, os autores Edi Carlos de Oliveira, Fabiane Cortez Verd e Maurício Reinert realizaram uma pesquisa em uma cooperativa que, além de produzir, exporta para a França seus artigos, em parceria com outros projetos e redes. Nesse modelo de organização, os autores destacaram a importância que é dada a outros fatores que não o monetário, e ressaltaram a valorização cultural e simbólica existente nessa realidade. 

No quinto artigo, de título “Índice de Gestão Ambiental no Setor Sucroenergético: um estudo comparativo com outros setores”, os autores Edenis César de Oliveira e Raquel da Silva Pereira destacaram que, comparados a outros setores da economia, o sucroenergético se destacou em três índices analisados na pesquisa: o de política ambiental, de estrutura da gestão ambiental e de plantio de árvores. Não obstante, os autores afirmam que os índices referentes à ISO 14001, aos Impactos Ambientais e de Relação com Fornecedores não se mostraram favoráveis para esse setor.

No sexto artigo, de título “Estudo de suportes para placas de sinalização viária visando atendimento de decreto sobre o Desenvolvimento Sustentável”, os autores Thiago Costacurta e Eudes Cristiano Vargas realizaram uma pesquisa em indústrias de aço que fabricam suporte para placas de sinalização para verificar a eficiência na utilização de água e energia. Observaram que em indústrias de polímeros a utilização das fontes de energia e de materiais recicláveis se mostra mais eficiente.

No sétimo artigo, de título “Contribuições de um Produto de iluminação Led para a Redução do Consumo de Energia Elétrica - Brasil”, os autores Angélica Frederico, Cláudia Terezinha Kniess e Franciane Freitas Silveira realizaram um estudo em uma organização com o intuito de verificar os impactos gerados pelo consumo de energia. Como forma alternativa às lâmpadas tradicionais, os autores sugeriram e analisaram os benefícios das lâmpadas de LED.

No oitavo artigo, de título “Responsabilidade Social: a forma como é percebida por alunos da graduação em Administração e Ciências Contábeis”, os autores Tammi Juliene Leite de Aguiar, Erlaine Binotto e Elisabete Stradiotto Siqueira analisaram a perspectiva de estudantes de cursos de Administração e Ciências Contábeis em relação à responsabilidade social empresarial. Além da opinião dos alunos entrevistados, os autores também verificaram a ementa dos cursos em busca de alguma relação com aspectos de ação ou responsabilidade social e verificaram a ausência das palavras "filantropia" e "stakeholders", identificando apenas a palavra "ética".

O Corpo Editorial da Revista Organizações e Sustentabilidade deseja boa leitura a todos.

Sumário

Artigos

Edgar Varela Barrios
3-37
Vicente Rosa Alves
PDF
38-79
Erica Dayane Chaves Cavalcante, Marcelo de Souza Bispo
PDF
80-113
Edi Carlos de Oliveira, Fabiane Cortez Verdu, Maurício Reinert
PDF
114-149
Edenis César de Oliveira, Raquel da Silva Pereira
PDF
150-174
Thiago Costacurta, Eudes Cristiano Vargas
PDF
175-202
Angélica Frederico, Cláudia Terezinha Kniess, Franciane Freitas Silveira
PDF
203-230
Tammi Juliene Leite de Aguiar, Erlaine Binotto, Elisabete Stradiotto Siqueira
PDF
231-258