A Sustentabilidade Como Prática Sociomaterial em Uma Feira de Produtos Orgânicos de João Pessoa/PB

Laércio de Barros Silva, Larissa Lucena Almeida

Resumo


O tema sustentabilidade está sempre presente nas discussões atuais; contudo, observa-se que envolver as relações entre humanos e não humanos (sociomaterialidade) ainda não é tão comum quanto deveria, apesar da sua importância. Portanto, colocar em pauta a sociomaterialidade na sustentabilidade enquanto prática é o principal desafio desse artigo. Nesse sentido, uma atividade sustentável foi escolhida para evidenciar essa interação: a feira orgânica. Essa atividade está em crescimento nos últimos anos no Brasil e a cada dia tem atraído mais consumidores e agricultores. Sendo assim, o artigo teve como objetivo compreender a sociomaterialidade na sustentabilidade como prática em uma feira orgânica. A pesquisa é qualitativa e utilizou como método a etnografia. A unidade de análise foi uma feira orgânica realizada na cidade de João Pessoa/PB. Como instrumentos de coleta de dados foram utilizados a observação não participante, entrevista semiestruturada e conversa informal. Como aspecto conclusivo foi possível compreender que a sustentabilidade como prática sociomaterial na feira é responsável por construir, manter e perpetuar a prática ao longo do tempo. Além disso, a relação entre os humanos e não humanos possibilita que a sustentabilidade aconteça; portanto, entender esse fenômeno pode ajudar a avançar no campo da sustentabilidade.

Palavras-chave


Estudos Baseados na Prática; Sustentabilidade; Sociomaterialidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2318-9223.2016v4n1p175

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


AS SUBMISSÕES PARA ESTE PERIÓDICO ESTÃO TEMPORARIAMENTE SUSPENSAS. DETALHES NA NOTA DO EDITOR: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/ros/index

ISSN: 2318-9223


QUALIS-CAPES: B5 - ADMINISTRAÇÃO, CONTÁBEIS E TURISMO

Indicadores e diretórios: