Os paradigmas do Desenvolvimento Sustentável

Marcus Vinicius de Oliveira Brasil, Randal Martins Pompeu, Mônica Mota Tassigny, Fabiana Pinto de Almeida Bizarria

Resumo


O objetivo do ensaio teórico é discutir as bases epistemológicas do desenvolvimento sustentável de acordo com os ensinamentos de Gladwin, Kennely e Krause (1995). Examina a pertinência epistemológica, discutindo três grandes paradigmas que norteiam as discussões científicas sobre as bases filosóficas do desenvolvimento sustentável, Tecnocentrismo, Ecocentrismo e o Sustencentrismo, numa perspectiva dialética, que permite lidar com questões ligadas à sustentabilidade no seio da discussão. A pesquisa aponta que o sustencentrismo é um paradigma mais adequado para contribuir com o desenvolvimento sustentável, uma vez que contempla fatores econômicos e não econômicos, a tecnologia, o suporte à vida e a natureza.


Palavras-chave


Desenvolvimento Sustentável; Tecnocentrismo; Ecocentrismo; Sustencentrismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2318-9223.2015v3n1p190

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


AS SUBMISSÕES PARA ESTE PERIÓDICO FORAM DESCONTINUADAS. DETALHES NA CAPA: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/ros/index

ISSN: 2318-9223

 

QUALIS-CAPES: B5 - ADMINISTRAÇÃO, CONTÁBEIS E TURISMO

Indicadores e diretórios: