Caracterização da sustentabilidade corporativa na indústria de pneumáticos: um estudo de caso

Ronnie Layon Soldi, Leonardo Fabris Lugoboni, Bárbara Galleli, Rafael Borim-de-Souza

Resumo


O presente artigo foi desenvolvido com o objetivo de caracterizar uma indústria de pneumáticos em relação à sua postura sobre a sustentabilidade corporativa, seguindo a classificação de Hahn e Scheemesser (2005). A partir de uma abordagem qualitativa e descritiva, como estratégia de pesquisa, adotou-se o estudo de caso. Foram analisadas fontes de documentos primárias e secundárias, além de realizadas entrevistas com os gestores de finanças, meio ambiente e recursos humanos, considerados especialistas na temática em pauta, na organização em análise. A análise de dados em triangulação permitiu concluir que nos três pontos de foco desta pesquisa – motivação em adotar a sustentabilidade; percepção gerencial sobre a sustentabilidade; e ferramentas de sustentabilidade – a Indústria P aproxima-se da abordagem “Tradicionalista”. O caso estudado é passível de ser considerado evidência de que, embora já haja o reconhecimento do papel fundamental das empresas na busca por um desenvolvimento sustentável, sua operacionalização e tradução no contexto organizacional são ainda carentes e demandam pesquisas futuras em quantidade e em qualidade.


Palavras-chave


Sustentabilidade corporativa; Motivação para a sustentabilidade; Ferramentas de sustentabilidade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2318-9223.2013v1n1p19

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


AS SUBMISSÕES PARA ESTE PERIÓDICO ESTÃO TEMPORARIAMENTE SUSPENSAS. DETALHES NA NOTA DO EDITOR: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/ros/index

ISSN: 2318-9223


QUALIS-CAPES: B5 - ADMINISTRAÇÃO, CONTÁBEIS E TURISMO

Indicadores e diretórios: