25 anos de publicação em auditoria: análise bibliométrica sob o ponto de vista da Lei de Lotka, Lei de Zipf e Ponto de Transição (T) de Goffman

Ivan Ribeiro Mello, Karla Marisa Fernandes Barbosa, José Alves Dantas, Ducineli Régis Botelho

Resumo


Esse trabalho tem como objetivo mapear as características da produção científica em auditoria, subárea contábil importante na manutenção do equilíbrio dos mercados financeiro e de capital. A análise da produção em 26 periódicos contábeis brasileiros de 1989 a 2013 resultou em 3.737 artigos, sendo 145 sobre auditoria. Esse mapa gerou informações sobre a produção por ano, por periódico, por filiação dos autores, além de um ranking com os pesquisadores que mais publicaram na área. Além disso, a produção em auditoria foi analisada sob os pressupostos teóricos das Leis de Lotka e de Zipf. Os resultados encontrados pela Lei de Lotka sugerem que existem poucos autores que produzem muito e muitos autores que produzem pouco, aspecto verificado na produção nacional de auditoria. No entanto, pela aplicação da Lei de Lotka, encontrou-se um percentual de 60,8% de autores que publicaram apenas uma vez, em auditoria esse percentual foi de 81,2%. Considerando a Primeira Lei de Zipf, verificou-se que o gráfico de distribuição da frequência de ocorrência das palavras-chaves foi o de uma parábola, com linha de tendência confirmando o disposto na teoria: quando se multiplica a ordem de série (r) de uma palavra pela sua frequência de ocorrência (f) o resultado tende a ser constante. Quanto à aplicação do Ponto de Transição (T) de Goffman, verificou-se que o ponto de transição coincidiu exatamente com a palavra-chave “Independência”, característica indispensável ao bom auditor. Por fim, sugere-se que se façam mais pesquisas da produção científica em auditoria, com enfoque bibliométrico, a fim de traçar os principais temas que devem merecer mais atenção dos pesquisadores em prol do desenvolvimento científico e consequentemente técnico da área.


Palavras-chave


Bibliometria. Lei de Lotka. Leis de Zipf. Periódicos brasileiros de contabilidade. Auditoria.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVARADO, R. U. A Bibliometria: História, Legitimação e Estrutura. Para entender a ciência da informação. Salvador: EDUFBA, 2007, p. 185-217.

BARBA, B. M. Los Indicadores Bibliométricos: Fundamentos y aplicacíon al análisis de la ciência. España: Ediciones Trea S.L, 2003.

BEUREN, I. M.; LONGARAY, A. A.; RAUPP, F. M.; SOUSA, M. A.; COLAUTO, R. D.; PORTON, R. A. Como Elaborar Trabalhos Monográficos em Contabilidade: Teoria e Prática. São Paulo: Atlas, 2006.

BOTELHO, D. R. Epistemologia da Pesquisa em Contabilidade Internacional: Enfoque Cultural-Reflexivo. 2012. 173 fls. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) – Universidade de Brasília (UnB) – Programa multi-institucional e Inter-Regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da UnB, UFPB e UFRN, 2012.

BRITO, R. D.; PERES, E. P. Uma auditoria confiável adiciona valor? Brazilian Business Review, v. 3, n. 2, p. 207-228, jul/dez 2006.

BYRNES, P. E.; AL-AWADHI, A., GULLVIST, B.; BROWN-LIBURD, H.; TEETER, R.; WARREN JR., J. D.; McQUILKEN, D. 0. Evolution of Auditing: From the Traditional Approach to the Future Audit. Disponível em: .2012. Acesso em: 12 nov. 2017.

CAPES. Documento de Área 2013. Disponível em: . Acesso em: 28 nov. 2017.

CHIBENI, S. S. O que é ciência? UniCamp. Disponível em: . 2011. Acesso em: 15 out. 2017.

COTRIN, A. M.; SANTOS, A. L.; ZOTTE JUNIOR, L. A evolução da contabilidade e o mercado de trabalho para o contabilista. Revista Conteúdo, Capivari, v. 2, n.1, p. 44 – 63, jan./jul 2012.

FONSECA, E. N.; OTLET, P.; ESTIVALS, R.; ZOLTOWSKI, V.; GARFIELD, E. Bibliometria: teoria e prática. São Paulo: Editora Cultrix, 1986.

GUEDES, V. L.; BORSCHIVER, S. Bibliometria: Uma ferramenta estatística para a Gestão da Informação e do Conhecimento, em Sistemas de Informação, de Comunicação e de Avaliação Científica e Tecnológica. In: Encontro Nacional de Ciência da Informação, 6., Salvador. Anais... Salvador: UFBA, jun. 2005.

IBRACON - Instituto dos Auditores Independentes do Brasil. Auditoria: Registro de uma profissão. Disponível em: . Acesso em: 30 nov. 2017.

ROSA, A. F.; TEIXEIRA, G. M.; MENDES, A. C.; ABREU, S. M. Gerenciamento de resultados: Análise Sociométrica e Bibliométrica Dos Autores de Referência. In: Congresso da USP de Contabilidade e Controladoria, 10., 2010, São Paulo. Anais... São Paulo: USP, jul./2010.

THEÓPHILO, C. R. Algumas Reflexões sobre Pesquisas Empíricas em Contabilidade. Caderno de Estudos, São Paulo, FIPECAFI, v.10, n. 19, p. 9 – 15, set./dez 1998.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista de Estudos Contábeis
ISSN: 2237-0099