Análise quantitativa da submissão de projetos de pesquisa científica realizados em Fisioterapia Pediátrica e Neonatal cadastrados no sistema CEP/CONEP de 2002 a 2010

Cybelle Oliveira Soares da Silva, Giulliano Gardenghi

Resumo


Objetivo: Quantificar as pesquisas realizadas em fisioterapia pediátrica e neonatal cadastradas no Sistema Nacional de Informações Sobre Ética em Pesquisa envolvendo Seres Humanos. Métodos: Para quantificar os projetos relacionados à fisioterapia pediátrica e neonatal foi utilizado o banco de dados da CONEP, via internet. Resultados: De um banco de dados com 185.275 projetos, no total 18.508 eram de fisioterapia, sendo 1.637 em fisioterapia pediátrica e neonatal. Os dados analisados apresentaram tendência de crescimento na produção científica da área (R2=0,954). O Sudeste foi a região de maior submissão de projetos (42,2%), sendo o Nordeste responsável por 29,5% e Sul 23,2%. Quanto às classificações das pesquisas, a maioria dos estudos foi realizada em nível terapêutico (26,4%), seguida do preventivo (23,7%), dos que não se aplica a nenhuma das demais categorias (19,4%), diagnóstico (18,5%) e a menor quantidade foi em estudos epidemiológicos (12%). Conclusões: A submissão de projetos à CONEP em fisioterapia pediátrica e neonatal tem forte tendência de crescimento nos últimos nove anos. Deve-se considerar que em termos quantitativos o total de trabalhos na área mencionada é pequeno (8,8%) quando comparado ao total de estudos realizados em Fisioterapia no Brasil. Ocorre grande concentração de submissão de projetos na região Sudeste. Estudos em atenção secundária e terciária de atendimento são prevalentes no país, observando-se a importância de a categoria dedicar-se mais às pesquisas em atenção primária tendo em vista as recentes necessidades e tendências das políticas de estado referentes à saúde, para que os profissionais se mostrem presentes e atuantes junto à comunidade.


Palavras-chave


Pediatria, Neonatologia, Fisioterapia (Especialidade), Projetos de Pesquisa, Comissão de Ética

Texto completo:

PDF


ASSOBRAFIR Ciência

Email: assobrafirciencia@uel.br

EISSN: 2177-9333