A utilização de FiO2 inferior a 100% para hiperoxigenação de pacientes estáveis submetidos à aspiração endotraqueal

Gisele do Carmo Leite Machado Diniz, Aline Oliveira Souza, Hellen Maia Dornelas Oliveira, Rafaela Cristina de Souza Arrais, Bruno Porto Pessoa, Pedro Henrique Scheidt Figueiredo

Resumo


Introdução e objetivo: Pouco se sabe sobre a utilização de frações inspiradas de oxigênio (FiO2) inferiores a 100% para prevenir hipoxemia após aspiração endotraqueal (AE). O objetivo deste estudo foi comparar as repercussões da elevação da FiO2 a 50% acima da basal com a FiO2 de 100% durante a AE em pacientes estáveis ventilados mecanicamente. Métodos: Ensaio cruzado e randomizado em 17 pacientes (55,7±23,9 anos) submetidos a 2 sessões de AE (intervalo de 6hs) com hiperoxigenação prévia por dois valores de FiO2: 50% acima do valor basal e 100%. A freqüência cardíaca (FC), pressão arterial média (PAM), saturação periférica de oxigênio (SpO2) e frequência respiratória (FR) foram registradas na condição basal, 5 minutos após o ajuste da FiO2 (PRÉ), assim como 1º e 5º minutos após o término dos procedimentos. Resultados: Na comparação intragrupos a SpO2 aumentou em todas as fases dos dois protocolos, comparada a condição basal. Houve aumento da FC no 1ºmin após AE no protocolo com elevação da FiO2 a 50%, em relação ao momento PRÉ e basal, assim como a FR no procedimento com FiO2 a 100%. Já a PAM elevou-se apenas no 1º min, comparada a condição basal, no protocolo de aumento da FiO2 a 50%. Na análise intergrupos, a SpO2 foi maior no procedimento com FiO2 a 100% no 1º min após AE, mas sem relevância clínica, assim como a FR. Conclusão: A hiperoxigenação com elevação da FiO2 a 50% acima da basal pode ser utilizada para prevenir a hipoxemia durante a AE em pacientes adultos e estáveis sob ventilação mecânica.


Palavras-chave


: aspiração mecânica; respiração artificial; oxigenoterapia.

Texto completo:

PDF


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.

ASSOBRAFIR Ciência

Email: assobrafirciencia@uel.br

EISSN: 2177-9333