O poder da linha na construção dos sentidos: uma análise a partir dos vários aspectos da cruz

Mariana Oliveira de CARVALHO, Rogério Zanetii GOMES

Resumo


Este artigo apresenta um estudo sobre a cruz, uma das mais antigas formas criadas pelo homem, e discute seu conhecimento culturalmente produzido na consciência coletiva. Buscou-se verificar quais das suas formas são mais lembradas, investigando que conotação estas exercem sobre as pessoas. O uso de símbolos no design pode ser um ótimo aliado para a geração de sensações nos receptores, sendo boas ou chocantes, entretanto deve-se ter a preocupação de transmiti-las de forma adequada, de modo que não haja ambiguidade.


Palavras-chave


Iconografia; Símbolo; Cultura; Cruz; Tipos de Cruz; Imagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2012v3n1p146

Direitos autorais



 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional