O design na cultura tradicional: ênfases e lacunas

Milena Carneiro Alves, Aguinaldo dos Santos

Resumo


A identidade territorial indígena é um campo que precisa ser preservado. Estudar e compreender o comportamento desses povos ajuda o designer a projetar produtos e serviços que agreguem valor ao artesanato, fortaleça sua identidade e que permitam uma melhor comunicação dos indígenas com a sociedade sem interferir na sua cultura ou no seu fazer tradicional. Esta pesquisa utiliza uma Revisão Bibliográfica Sistemática e Assistemática no intuito de entender a relação entre Design de Serviços e Artesanato Indígena. Como resultado, foram identificados os modos de consumo do artesanato indígena, o acesso que o designer possui nessas comunidades tradicionais, o desejo que esses nativos possuem de propagar a sua cultura para além do seu território e as lacunas existentes sobre o tema. A consideração dessas lacunas potencializa a criação de soluções que ampliem o valor econômico gerado pelo artesanato indígena e que propaguem a sua cultura de forma co-criativa, sempre se preocupando com o consumo sustentável.

Palavras-chave


Design de serviços; População indígena; Artesanato; Sistema Produto + Serviço

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2019v10n3p159

Direitos autorais 2019 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional