O Design e seus desafios

Ana Neuza Botelho Videla

Resumo


A proposta dessa comunicação é refletir sobre as questões que permeiam a constituição do design como um processo social e suas consequências para a forma em que vivemos. A partir do século XVIII, com a Revolução Industrial, aconteceram transformações marcantes para a história da humanidade. Como o design despontou a partir desses acontecimentos, seu surgimento está, portanto, relacionado a um determinado estágio da história do capitalismo e teve um papel fundamental na criação da riqueza industrial. No entanto, com o decorrer do tempo, a atuação da disciplina foi ampliada, ou seja, o design deixou de se ocupar com a aparência das coisas projetadas por engenheiros e cientistas, passando a atuar em outros universos, tais como: cidades, paisagens, nações, corpos, genes, e conforme Latour vai defender, até mesmo na própria natureza. Como reflexo dessa ampliação do design, observa-se mudanças na forma como interagimos com os objetos.

Palavras-chave


Design; Filosofia do design; Mundo artificial

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2018v9n2Suplp43

Direitos autorais 2018 Projetica

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional