O papel do têxtil na concepção de espaços interiores e cénicos

Ana Mónica Romãozinho

Resumo


Na história do Design, o tecido assumia uma função primordial: revestia, estabelecia barreiras, metamorfoseava o espaço consoante épocas e festividades, comunicava consoante a temática e cores exploradas em cada composição. De que modo os tecidos poderão integrar na actualidade o projecto de interiores, contribuindo para a concepção de espaços cénicos, facilmente mutáveis, intimistas, ou simultaneamente contentores de uma narrativa?

In the history of design, the fabric took a central role: coating, establishing barriers, metamorphosing spaces according to seasons and festivities, communicating by appropriated themes and colors explored in compositions. How fabrics nowadays may join the interior project, contributing to the design of scenic spaces, easily changeable, intimate, or at the same time containers of a narrative?


Palavras-chave


Cenografia. Design de Interiores. Identidade. Têxteis

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2015v6n1p97

Direitos autorais 2015



 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional