O pensamento sistêmico como ferramenta organizacional da gestão de design nos grupos produtivos econômicos solidários

Seila Cibele Sitta PRETO, Luiz Fernando Gonçalves FIGUEIREDO

Resumo


Este artigo visa demonstrar como o pensamento sistêmico utilizado como ferramenta organizacional na gestão de design pode contribuir para os Grupos Produtivos Solidários de um programa de Economia Solidária. Para a coleta de dados foi utilizado à técnica de entrevista qualitativa de profundidade e seus resultados demonstrados, conforme os perfis apresentados. Por meio de uma abordagem sistêmica, utilizam-se etapas do método sistêmico, para a construção de mapas. Tem como resultados parciais uma lista de prioridades onde o design poderá contribuir para as necessidades em curto prazo e prospectando em longo prazo por meio dos três níveis da gestão do design.


Palavras-chave


pensamento sistêmico; Pestão de design; Grupos produtivos solidários.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2012v3n1p63

Direitos autorais



 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional