A Gestão de Design humanizada pelo Design thinking a partir de relações conceituais

Ana Paula Perfetto Demarchi, Cleuza Bittencourt Ribas Fornasier, Rosane Fonseca de Freitas Martins

Resumo


O objetivo deste artigo é apontar os aspectos históricos da Gestão de Design por meio das suas características de atuação na sociedade, pelos diferentes rumos que esta tomou enfatizando as conceituações de design, a caracterização e evolução histórica que proporcionou, até a formulação conceitual do design operacional (relativo ao fazer) e estratégico (relativo ao planejar). Como metodologia, empregou-se a pesquisa de natureza exploratória de dados primários. Como resultado apresenta-se a influência da sua formação sobre os rumos que a gestão de design tem tomado no Brasil, e a importância estratégica de que essa se una ao conceito de design thinking, se caracterizando assim como uma gestão humanistica.


Palavras-chave


Gestão de design; Design thinking; visão humanística do design

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2236-2207.2011v2n1p19

Direitos autorais



 

Projética

Londrina/PR - Brasil
ISSN: 2236-2207

projetica@uel.br

 

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional