Reflexões sobre a exclusão e a inclusão da sociologia no currículo escolar

Lesi Corrêa

Resumo


O artigo aborda a problemática "exclusão - inclusão" da Sociologia no currículo escolar, não restrita apenas a questão de legalidade da disciplina. Procura também analisar e desmistificar as intenções veladas das LDB'S, na busca de evidenciar o que ficou obscuro quanto à importância das Ciências Humanas no ensino de 2° grau. A análise da problemática do ensino de Sociologia é realizada a partir de um breve histórico da estruturação do ensino de 2° Grau no período de 30 a 92, tendo como foco central de estudos a legislação e a prática de ensino nos cursos de Sociologia na região de Londrina-PR O objetivo deste estudo é buscar subsídios que auxiliem o repensar da situação atual da disciplina com base na história do passado.


Palavras-chave


Sociologia no 2° grau; Ensino de sociologia no Paraná.

Texto completo:

PDF

Referências


CAPPELLETII, Isabel F. A Fonoaudiologia: reflexões sobre os seus fundamentos. São Paulo: Cortez, 1985.

FAUSTO, Boris et. al. O Brasil Republicano: estrutura de poder e economia (1889-1930). [S.1.:s.n.], 1985. v. 8.

FAUSTO, Boris. O Brasil Republicano: sociedade e instituições (1889-1930). [S.1.:s.n.], 1985. v. 9.

FAUSTO, Boris. O Brasil Republicano:sociedade e política (1930-1964). In: História Geral da Civilização Brasileira. 3. ed. São Paulo: Difel, 1986. v. 10.

FAZENDA, Ivani Catarina. A. Educação no Brasil anos 60: o pacto do silêncio. São Paulo: Loyola, 1988.

FAZENDA, Ivani Catarina. Integração e Interdisciplinariedade no

ensino brasileiro: efetividade ou ideologia. São Paulo: Loyola, 1992.

FERRARl, Alfonso Trujillo. Fundamentos de Sociologia.São Paulo: McGraw-Hill, 1983.

FONTOURA, Amaral. Introdução à Sociologia. 4.ed. Porto Alegre: Globo, 1961.

FREITAG, Bárbara. Escola Estado e Sociedade. 4. ed. São Paulo: Moraes, 1980.

OLIVEIRA, Luzia Herrmann de. A Sedimentação partidária em questão; os políticos no Paraná de 1979 a 1990. Londrina: UEL, 1992.

LIBÂNEO, José Carlos. Democratização da escola pública: a peda gogia critico-social dos Conteúdos. São Paulo: Loyola, 1990.

LIBÂNEO, José Carlos. Formação da consciência crítica:subsídios

sócio-analíticos. Petrópolis: Vozes, 1979.

MEKSENAS, Paulo. Sociologia. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1992.

MEKSENAS, Paulo. Sociologia da Educação: introdução ao estudo da escola no processo de transformação social. São Paulo: Loyola,1992.

RODRIGUES, Neidson.Por uma nova escola: o transitório e o permanente na educação. 2. ed. São Paulo: Cortez, 1985.

SAVIANI, Demerval. Educação brasileira. Educação & Sociedade, São Paulo: Cortez & Moraes, set. 1978, p. 50.

SPEER, Albert. Por Dentro do Terceiro Reich, Rio de Janeiro: Ed. Arte Nova, 1975




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.1996v1n1p40

Direitos autorais 2020 Mediações - Revista de Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International