A democracia no Brasil: um confronto entre as principais perspectivas teóricas na primeira metade do século xx

Maria José de Rezende

Resumo


Este artigo é uma reflexão sobre as principais correntes de pensamento que se debatiam na primeira metade do século XX, no Brasil, em torno da questão da democracia. Apontou-se, porém, alguns elementos desta problemática no final do século XIX como uma forma de apreender os aspectos que a rigor se constituíram em dados esclarecedores dos rumos que o debate assumiu no período aqui analisado.


Palavras-chave


Brasil; Democracia; Público; Privado; Autoritarismo; Personalismo.

Texto completo:

PDF

Referências


A VELINO FILHO, G. As raizes de "Raízes do Brasil". Novos Estudos Cebrap, São Paulo, n. 18, p. 33-41, set. 1987.

AZEVEDO AMARAL. O Estado autoritário e a realidade nacional. Brasília: Câmara dos DeputadoslUNB, 1981.

BEIGUELMAN, P. Joaquim Nabuco. São Paulo: Ática, 1982.

CARDOSO, V. L. À margem da história do Brasil. São Paulo: Nacional, 1979.

DIAS, M. O. L. da Silva (~g) . Sérgio Buarque de Holanda. São Paulo: Atica, 1985. p. 52-53. (Col. Gdes.Cientistas Sociais; n.51).

FAORO, R. Romance sem heróis. Veja, São Paulo. n.399, p.6, 28 abro 1976.

FAORO, R. Os donos do poder. Rio de Janeiro, Globo, 1989. v. 2.

FERNANDES, F. Existe uma crise da democracia no Brasil? In Mudanças Sociais no Brasil. São Paulo: Difel, 1979.

FREYRE, G. Interpretação do Brasil. Rio de Janeiro, J, Oympio, 1947.

FREYRE, G. Casa-Grande e Senzala. Rio de Janeiro,J,Olympio, 1981.

FREYRE, G. Nordeste. Rio de Janeiro: J, Olympio, 1967.

FREYRE, G. Sobrados e Mucambos. Rio de Janeiro: J, Olympio, 1961.

FREYRE, G. Ordem e Progresso. Rio de Janeiro: J, Olympio, 1959.

HOLANDA. S. B de (org). História geral da civilização brasileira. São Paulo, Difel, 1960 [1964,1972], t.1 ,v.2; t.2,v.2; t.2,v.5.

HOLANDA. S. B de. A democracia é difícil. Veja, São Paulo, n. 386, p. 4, 28, jan, 1976.

HOLANDA. S. B de. O poder pessoal. In História Geral da civilização Brasileira; O Brasil Monárquico; Do Império à República. São Paulo, Difel, 1972.1.2, v.5, livro 2.

HOLANDA. S. B de. O Monções. São Paulo, Alfa-ômega, 1976.

HOLANDA. S. B de. Raízes do Brasil. Rio de Janeiro, J, Olympio, 1987.

HOLANDA. S. B de. Caminhos e fronteiras. Rio de Janeiro, J.Olympio, 1957.

MARTINS, W. História da inteligência brasileira. São Paulo, Cultrix, Edusp, 1978. v.6

MARTINS, W. História da inteligência brasileira. São Paulo, Cultrix, Edusp, 1978a. v.7

NABUCO, J. Campanha abolicionista no Recife. Rio de Janeiro: Typ. Leuzínger, 1885.

NABUCO, J. Campanha de imprensa: 1884-1887. In: Obras completas. São Paulo, Instituto Progresso Editorial, 1949.

NABUCO, J.. Minhà formação. Rio de Janeiro: J, Olympio, Brasília, 1976.

NABUCO, J. O abolicionismo. Petrópolis, Vozes, Brasília, 1977. v.7.

NOGUEIRA, M. A. As desventuras do liberalismo. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1984.

OLIVEIRA VIANNA, F. J. de. O idealismo da evolução política do império e da república. São Paulo, Biblioteca d'O Estado de São Paulo, 1922.

OLIVEIRA VIANNA, F. J. Populações meridionais do Brasil. Brasília: Câmara dos Deputados, 1982.

OLIVEIRA VIANNA, F. J. Instituições Políticas Brasileiras. Belo Horizonte: Itatiaia, 1987.

OLIVEIRA VIANNA, F. J. O Idealismo na Constituição. [sIl] [s/ed], 1927.

PÉCAUT, D. Os intelectuais e a política no Brasil. São Paulo: Ática, 1990.

PRADO JUNIOR, C. Evolução política do Brasil: Colônia e império. São Paulo: Brasiliense, 1987.

TORRES, A. S de Martins. A organização nacional. São Paulo: Nacional, 1978.

TORRES, J. C. de Oliveira. A democracia coroada. Rio de Janeiro: J, Olympio, 1957.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.1996v1n1p29

Direitos autorais 2020 Mediações - Revista de Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International