A "embolada" em Macunaíma

Raimunda de Brito Batista

Resumo


Os intelectuais do modernismo brasileiro tiveram como preocupação a redefinição da cultura brasileira tomando como ponto de partida a cultura popular e o folclore brasileiros. Em Macunaíma, Mário de Andrade aproveita os mais variados elementos da cultura popular, dando-lhes uma configuração erudita. Entre esses elementos destacamos o aproveitamento da embolada que, enquanto modo de cantar, possui uma forte estrutura poética, podendo ser aproveitada na prosa de ficção, conservando o seu ritmo e forma.

Palavras-chave


Cultura brasileira; Cultura popular; Literatura; Literatura oral; Modernismo brasileiro

Texto completo:

PDF

Referências


ALVARENGA, Oneyda. "Comentários e alguns cantos e danças no Brasil". Revista do Arquivo Municipal, São Paulo, a. 7, v. 80, nov./dez. 1941.

ANDRADE, Mário de. Macunaíma: o herói sem nenhum caráter, São Paulo: Martins, 1973.

BOSI, Alfredo. História concisa da literatura brasileira, São Paulo, Cultrix, 1970.

LATOUR, Olga Fernández Botas. Folklore y poesía argentina, Buenos Aires: Guadalupe, 1969.

BARROSO, Gustavo. Ao som da viola. Rio de Janeiro, Leite Ribeiro, 1921.

CÂNDIDO, Antonio. Literatura e sociedade. São Paulo: Nacional,1976.

CASCUDO, Luís da Câmara. Dicionário do folclore brasileiro. Rio de Janeiro: MEC-INL, 1954. - Literatura oral no Brasil. Brasília; Rio de Janeiro: INL-MEC; José Olympio, 1978.

CARVALHO, Rodrigues de. Cancioneiro do Norte. Paraíba: Tipografia São Paulo, 1928.

FERNANDES, Florestan - O folclore em questão. São Paulo, Hucitec, 1978.

LOPEZ, Telê Porto Ancona - Mário de Andrade: ramais e caminho. São Paulo: Duas Cidades, 1972.

MOTTA, Leonardo. Sertão alegre. Rio de Janeiro: Ouro, 1968.

ZALUAR, Alba. Cantadores. (poesia e linguagem do sertão cearense). Rio de Janeiro: Castilho, 1921.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.1997v2n2p57

Direitos autorais 1997 Raimunda B. Batista

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International