Divulgação de pesquisa: obrigatoriedade do voto e determinantes sociais

Luzia Helena Hermann de Oliveira, Marcolina N. Tomazini de Carvalho

Resumo


Trata-se de uma pesquisa de opinião que procura determinar como a população do município de Londrina, no Paraná, encara a possibilidade de implantação do voto facultativo, que procedimento adotaria em semelhante situação e qual o motivo que nortearia tal procedimento. O objetivo do projeto é verificar, primeiro, se as pessoas favoráveis ao voto facultativo podem ser social ou politicamente caracterizadas e, segundo, em que medida a implantação do voto facultativo atingiria diferentemente os vários segmentos sociais.


Palavras-chave


Eleições; Voto facultativo; Participação.

Texto completo:

PDF

Referências


CENTRO DE ESTUDOS DE OPINIÃO PÚBLICA. Temas polêmicos da Constituinte, r. Campinas: Unicamp, 1993.

LAMOUNIER, B. & SOUZA, A. Democracia e reforma institucional no Brasil: uma cultura política em mudança. Dados, v. 34, n. 3, 1991.

MOISÉS, J. A. Os brasileiros e a democracia (bases sócio-políticas da legitimidade democrática). São Paulo: Ática, 1995.

OLIVEIRA, L. H. H. & CARVALHO, M. N. T. de. Obrigatoriedade do voto e determinantes sociais. Londrina: UEL, 1998. Projeto de Pesquisa.

TENDÊNCIAS. Opinião Pública, n. 1, Campinas, jul./ago. 1993. Encarte de Dados de Opinião Pública.




DOI: http://dx.doi.org/10.5433/2176-6665.1998v3n1p73

Direitos autorais 2020 Mediações - Revista de Ciências Sociais

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

  

         

 

                       

 

 

Mediações - Revista de Ciências Sociais

Londrina - PR

E-ISSN: 2176-6665

Email: mediacoes@uel.br  

Mediações utiliza a licença Creative Commons Attribution 4.0 International